Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Flamengo vence o Vasco nos pênaltis e é campeão estadual invicto

Bernardo, Fellipe Bastos e Elton bateram para fora e Thiago Neves fechou a série, garantindo o título carioca

Thales Soares, iG Rio de Janeiro |

Invicto pela quinta vez em sua história, o Flamengo conquistou neste domingo o título da Taça Rio e do Campeonato Carioca em mais uma vitória contra o Vasco. Depois de um empate em 0 a 0, venceu por 3 a 1 nas cobranças de pênaltis, com Thiago Neves fechando a série, e celebrou mais uma vez a conquista da competição. Já são 32, duas a mais do que o Fluminense, assumindo de uma vez a hegemonia do futebol do Rio.

null

Foi a terceira vitória em disputas por pênaltis neste Campeonato Carioca. A última vez em que o Flamengo perdeu uma partida desta forma aconteceu em 2004, pela Copa Sul-Americana, contra o Santos. Felipe sequer precisou fazer defesas, já que o Vasco bateu três cobranças para fora.

O jogo

A escalação dos dois times mostrava a vocação ofensiva do jogo. Fellipe Bastos, pelo Vasco, e Renato, pelo Flamengo, estão longe de serem considerados volantes tradicionais e foram escalados na posição justamente para que mais um jogador ofensivo fosse utilizado pelos treinadores.

Vippcomm
Ronaldinho não teve vida fácil contra o Vasco, mas pôde comemorar seu primeiro título pelo Fla
Antes mesmo que eles ou outros jogadores pudessem aparecer de forma criativa, o jogo esquentou. Em menos de oito minutos, Fellipe Bastos deu uma entrada forte em Rodrigo Alvim e Ronaldinho Gaúcho respondeu com uma rasteira em Allan. Serviu para esquentar os ânimos no clássico.

Aos 10 minutos, Fellipe Bastos colocou mais fogo no jogo, com um belo chute de longa distância, que por pouco não surpreendeu o goleiro Felipe. A iniciativa era do Vasco, que pressionou e perdeu uma grande chance com Eder Luis, depois de um corte errado do zagueiro Welinton. Mas o atacante chutou muito mal.

O Flamengo resolveu responde, mas discretamente. A grande chance só aconteceu realmente aos 27 minutos, quando o time fez uma grande jogada, que passou pelos pés de Thiago Neves, Ronaldinho Gaúcho e Deivid até chegar ao argentino Bottinelli, que, livre, chutou para boa defesa do goleiro Fernando Prass.

Apesar da maior pressão do Vasco, a torcida do Flamengo se assustou mesmo quando o goleiro Felipe pediu atendimento médico, com dores no braço direito, depois de dividir uma bola pelo alto. Paulo Victor chegou a se aquecer no banco, mas o titular continuou no jogo. Ele mostrou que estava bem ao defender, bem colocado, uma cabeçada de Diego Souza, aos 44 minutos.

O ritmo do segundo tempo não mudou. Logo com um minuto, Alecsandro fez boa jogada na entrada da área e chutou para defesa de Felipe. Pouco depois, Ronaldinho Gaúcho cobrou falta da entrada da área e Fernando Prass livrou o Vasco de sofrer o primeiro gol na decisão.

O técnico Vanderlei Luxemburgo foi o primeiro a fazer uma mudança no time. Aos 15 minutos, ele tirou o argentino Bottinelli, que não conseguiu desempenhar bem o seu papel em campo e colocou o chileno Fierro. Thiago Neves passou a jogar aberto na esquerda e Deivid na direita, com Ronaldinho Gaúcho como centroavante.

Ricardo Gomes respondeu aos 25 minutos, ouvindo o pedido da torcida por Bernardo, que entrou no lugar de Diego Souza, substituído num misto de vaias e aplausos. O garoto respondeu rapidamente obrigando Felipe a fazer mais uma boa defesa em seu segundo toque na bola.

O jogo ficou truncado, mas as chances apareceram. Dedé, de cabeça, levou perigo. Depois, o Flamengo respondeu em duas boas jogadas, com Thiago Neves, que chutou para fora, e Renato, que parou nos pés em Fernando Prass. As defesas continuaram superando os ataques e a decisão foi para os pênaltis. Bernardo, Fellipe Bastos e Elton bateram para fora e o Flamengo saiu de campo com o título, mais uma vez.

 

FICHA TÉCNICA – FLAMENGO 0 (3) x 0 (1) VASCO

Local: Engenhão, no Rio de Janeiro

Data: 1 de maio de 2011

Horário: 16h

Árbitro: Luis Antônio Silva dos Santos (RJ)

Assistentes: Ediney Guerreiro Mascarenhas e Marco Aurelio dos Santos Pessanha

Cartões amarelos: Bottinelli, Rodrigo Alvim, Deivid, Rafael Galhardo (Flamengo), Fellipe Bastos, Elton, Bernardo e Felipe (Vasco)

Cartões vermelhos: Willians (Flamengo) e Allan (Vasco)

Público: 33.946 pagantes

Renda: R$ 1.033.655,00

Flamengo: Felipe, Rafael Galhardo (Fernando), Welinton, David e Rodrigo Alvim; Willians, Renato, Bottinelli (Fierro) e Thiago Neves; Ronaldinho Gaúcho e Deivid (Wanderley)

Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Vasco: Fernando Prass, Allan, Dedé, Anderson Martins e Ramon; Rômulo, Fellipe Bastos, Felipe e Diego Souza (Bernardo); Eder Luis (Elton) e Alecsandro

Técnico: Ricardo Gomes

Leia tudo sobre: campeonato carioca 2011flamengovasco

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG