Tamanho do texto

Decisão da Justiça Federal, em Pernambuco, é o último obstáculo para o clube receber a Taça das Bolinhas

A taça criada em 1975, pelo artista Maurício Salgueiro
Divulgação
A taça criada em 1975, pelo artista Maurício Salgueiro
Depois do fim da manutenção do posse , que garantia o poder do São Paulo sobre a Taça das Bolinhas, o Flamengo tem um novo objetivo. A luta, agora, é contra o recurso do Sport na 10 a vara da Justiça Federal, em Pernambuco, responsável por revogar o reconhecimento do clube como um dos campeões de 1987.

Veja como está a classificação do Campeonato Brasileiro

É o último passo para o fim da novela da Taça das Bolinhas, que finalmente chegaria à sede do Flamengo na Gávea. Ainda assim, o clube comemora a vitória no Tribunal de Justiça do Rio e espera que o São Paulo cumpra a decisão sem problemas.

"Esperamos agora que o São Paulo cumpra a decisão judicial e devolva a Taça das Bolinhas", disse o procurador geral do Flamengo, Rafael De Piro, que chegou a viajar para a sede da Fifa, onde fez uma reclamação formal contra o Sport. .

Em nota oficial, a presidente do Flamengo, Patrícia Amorim, comemorou a decisão. Ela espera ver a Taça das Bolinhas, que representaria o título de 1987 e de primeiro pentacampeão brasileiro, na Gávea até o fim do seu mandato, em dezembro de 2012.

"O Flamengo é incansável nesta busca. Todo o departamento jurídico está de parabéns. Disse que não iríamos descansar e não vamos enquanto a taça não vier para a Gávea. Tivemos uma vitória administrativa na CBF e, hoje, ela foi confirmada pelo poder judiciário do Rio de Janeiro. Vamos em frente, buscar o que é legítimo.", afirmou a presidente.

Entre para a Torcida Virtual do Flamengo e comente a novela