Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Flamengo segue cartilha de Luxa, vence Fortaleza e se classifica

Vitória por 3 a 0 elimina necessidade do jogo de volta e leva time às oitavas de final da Copa do Brasil

Thales Soares, iG Rio de Janeiro |

No começo da temporada, o técnico Vanderlei Luxemburgo traçou objetivos e, por enquanto, o Flamengo vem cumprindo todos, chegando a 16 jogos de invencibilidade no ano. Na noite desta quarta-feira, o time alcançou mais um ao vencer o Fortaleza por 3 a 0, no Castelão, evitar o jogo de volta e garantir a classificação para as oitavas de final da Copa do Brasil, quando enfrentará Guarani-SP ou Horizonte-CE.

Luxemburgo decidiu fazer uma mudança no time em relação ao clássico com o Fluminense, até pensando no confronto com a Cabofriense, domingo, pela Taça Rio, quando não terá Ronaldinho Gaúcho e Thiago Neves, suspensos. Ele escalou Wanderley no lugar de Negueba para atuar como centroavante.

A torcida do Fortaleza tentou empurrar seu time, que está na Série C do Campeonato Brasileiro, para cima do Flamengo de Ronaldinho Gaúcho. O começo foi animador, com Bismarck, que vestia a camisa em homenagem aos 100 jogos pelo clube cearense, exigindo uma boa defesa do goleiro Felipe, logo aos dois minutos.

O Fortaleza pressionou, conseguiu uma série de escanteios e aproveitou a afobação da defesa do Flamengo. Mas o goleiro Felipe cortou praticamente todos os cruzamentos, brecando a animação dos torcedores no estádio à espera de um gol do time da casa.

Vippcomm
O flamenguista Willians tenta ganhar a disputa de bola com os rivais do Fortaleza

Aos poucos, os jogadores do Flamengo foram se acertando em campo, mesmo com a timidez de Ronaldinho Gaúcho, que era facilmente dominado por seus marcadores. Ainda assim, o craque participou do primeiro gol do jogo. Ele tocou a bola para Thiago Neves, que rolou para Renato soltar a bomba, mesmo de pé direito, para abrir o placar aos 20 minutos.

O Fortaleza acabou diminuindo o ritmo depois de sofrer, consciente de que uma derrota por dois ou mais gols de diferença eliminaria o time da Copa do Brasil sem a necessidade do jogo de volta. A torcida só voltou a fazer festa numa bela roubada de bola de Bismarck, numa tentativa de Ronaldinho de parar a bola dominada no peito.

O Flamengo voltou para o segundo tempo disposto a matar o jogo e conseguir a classificação sem precisar enfrentar o Fortaleza no Engenhão. Com oito segundos, Renato arriscou de longe e quase marcou, com uma bomba, desta vez, com a perna esquerda.

O time conseguiu segurar mais a bola e conter as tentativas de ataque do Fortaleza. Tocando a bola com tranqüilidade, o Flamengo foi encontrando espaços na defesa adversária. Até que, aos 15 minutos, Ronaldinho Gaúcho cruzou da esquerda, Thiago Neves errou o voleio, mas a bola sobrou para Wanderley fazer o gol e comemorar com sua tradicional volta olímpica.

No fim, aos 46 minutos do segundo tempo, Diego Maurício recebeu passe de Ronaldinho Gaúcho e fechou o placar. Foi a primeira assistência do craque com a camisa do clube. Com o resultado, o Flamengo completou o objetivo de evitar o jogo de volta e ganhou mais uma semana livre de treinamentos.

Vipcomm
Ronaldinho disputa bola no jogo contra o Fortaleza, no Castelão

FICHA TÉCNICA – FORTALEZA 0 x 3 FLAMENGO

Local: Estádio Castelão, em Fortaleza-CE
Data: 16 de fevereiro de 2011, quarta-feira
Horário: 21h50 (horário de Brasília)
Árbitro: Nielson Nogueira Dias (PE)
Assistentes: Erich Bandeira e Jossemmar José Diniz Moutinho (ambos do PE)
Cartões amarelos:
Roniery (Fortaleza), David e Egídio (Flamengo)

GOLS
FLAMENGO: Renato, aos 20 minutos do primeiro tempo. Wanderley, aos 15, e Diego Maurício, aos 46 minutos do segundo tempo

FLAMENGO: Felipe, Leonardo Moura, Welinton, David e Egídio (Ronaldo Angelim); Maldonado, Willians, Renato, Thiago Neves (Diego Maurício) e Ronaldinho Gaúcho; Wanderley (Bottinelli) Técnico: Vanderlei Luxemburgo

FORTALEZA: Fabiano, Roniery, Gilmak, Plínio e Guto; Marcos Paulo, Régis, Luciano Henrique (Adriano Pimenta) e Bismarck (Eduardo); Reginaldo Júnior e Léo Andrade (Tatu) Técnico: Flávio Araújo

Leia tudo sobre: FlamengoCopa do Brasil 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG