Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Flamengo pode devolver Diogo ao Olympiakos

Clube grego cobra R$ 2,3 milhões pelo empréstimo do atacante, mas time da Gávea só pagou R$ 1,5 milhão deste montante até o momento

Gazeta Esportiva |

Seis meses depois de ser anunciado como uma das esperanças do clube para o Campeonato Brasileiro e com poucas atuações destacadas, o atacante Diogo pode estar próximo de deixar o Flamengo. O jogador, que não conseguiu ter uma sequência positiva na Gávea, corre o risco de ser devolvido ao Olympiakos, da Grécia, dono de seus direitos federativos, antes de junho, quando chega ao fim o contrato de empréstimo com o time carioca. Isso porque os gregos cobraram, por intermédio da Fifa, o pagamento da dívida dos flamenguistas referentes a essa negociação.

O Flamengo contratou Diogo por um ano e para isso tem que pagar R$ 2,3 milhões aos gregos. Até o momento o clube carioca já quitou R$ 1,5 milhão deste montante, mas parte do restante já deveria ter sido pago e está em atraso. Além disso, a dívida toda deve ser quitada até o início de janeiro e os cariocas não têm de onde tirar receita para cumprir o acordo.

Diante deste cenário, o vice-presidente jurídico do Flamengo, Rafael de Piro, que foi notificado oficialmente pela Fifa da cobrança por parte do Olympiakos, admite que o desfecho do caso pode ser mesmo o retorno de Diogo para o futebol grego.

"O Flamengo está trabalhando no sentido de equacionar essa dívida e resolver a situação. Seja por intermédio de um acordo com o Olympiakos ou de qualquer outra maneira. É até possível devolver o jogador, desde que as duas partes estejam de acordo" disse.

Apesar de Diogo não ter agradado aos torcedores e ter começado boa parte dos jogos no banco de reservas, o jogador conta com a confiança do técnico Vanderlei Luxemburgo, que acredita que, assim como Deivid, ele poderá render mais após uma boa pré-temporada. Diogo disputou 17 partidas pelo Flamengo neste Campeonato Brasileiro, mas conseguiu marcar apenas um gol pelo clube carioca.

Leia tudo sobre: flamengofutebol internacionalgréciamercado da bola

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG