Tamanho do texto

Time sofre queda na estatística ao jogar maior parte do clássico com o Botafogo com um jogador a menos

Ronaldinho tenta manter o domínio da bola
Vippcomm
Ronaldinho tenta manter o domínio da bola
A principal qualidade do Flamengo na temporada é o tempo de posse de bola e a longa troca de passes. No empate em 0 a 0 com o Botafogo , domingo passado, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro, o time sofreu e teve uma queda brusca nos números, principalmente por causa da expulsão de Bottinelli , ainda aos 24 minutos do primeiro tempo, por simulação.

Os números são da Footstats e estão disponíveis no aplicativo iG Esporte para iPhone e iPad

O Flamengo ficou com a bola apenas 13min07s, contra 20min34s do Botafogo, o que tirou o time da liderança na estatística no Campeonato Brasileiro – sua média é de 16min32s por jogo, abaixo apenas do Cruzeiro , com 17min. Na troca de passes, ainda conseguiu se aproximar do rival no clássico. Foram 311 passes certos contra 356.

Entre para a Torcida Virtual do Flamengo e convide seus amigos

No primeiro tempo, o Flamengo ainda conseguiu ser superior na troca de passes em relação ao Botafogo, mostrando que o cansaço pesou no segundo tempo, trocando 209 passes certos contra apenas 159 do rival. Depois, na etapa final, caiu para 102 contra 197.

O Flamengo lidera a estatística de passes certos no Campeonato Brasileiro, com 1900, o que equivale a uma média de 380 por jogo. O percentual de erro é de apenas 8,9%, o segundo menor, perdendo apenas para o Figueirense , com 8,5%. Contra o Botafogo, errou 8%.

O próximo jogo do Flamengo, 10 o colocado, com sete pontos, é contra o Atlético-MG , quinto, com oito, sábado, no Engenhão, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. O técnico Vanderlei Luxemburgo não terá Willians, suspenso pelo terceiro cartão amarelo , e Bottinelli, expulso no clássico.

null

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.