Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Flamengo engrena sua maior sequência sem sofrer gols em 2011

Com vitória por 1 a 0 sobre o Atlético-PR, time completa quatro jogos sem ser vazado nesta temporada

Thales Soares, iG Rio de Janeiro |

Vipcomm
Vanderlei Luxemburgo elogia desempenho de Aírton
A defesa do Flamengo tem demonstrado uma consistência importante nos números em 2011, apesar da desconfiança que cercou o setor e de Alex Silva, contratado recentemente, ainda não ter feito sua estreia por estar fora de forma. Nos últimos quatro jogos, o time não sofreu gols, completando sua maior sequência na temporada. No total, evitou que o adversário balançasse a rede em 23 dos 43 jogos disputados. Uma das explicações para o bom rendimento está na presença de Aírton em campo.

Entre para a Torcida Virtual e convide seus amigos

Contra o Atlético-PR, quarta-feira, a vitória por 1 a 0 no Engenhão, pela Copa Sul-Americana, entrou na conta do volante. Desde a volta de Aírton, que estava no Benfica, ele disputou seis jogos e o Flamengo não sofreu gol em nenhum deles. O técnico Vanderlei Luxemburgo comemora a evolução do jogador.

Siga o iG Flamengo no Twitter e receba as notícias do time em tempo real

“O Aírton é o volante que acha o cara de frente, não olha para o lado”, comentou Luxemburgo, lembrando o crescimento também na parte disciplinar depois de o volante ter sido suspenso por quatro jogos pelo STJD por uma agressão a Souza, do Fluminense. “Contra o Atlético-PR, ele deve ter feito duas faltas. Ele, assim como o Willians, pode roubar a bola sem fazer falta. Eles têm vigor para negociar a bola com o adversário”.

Luxemburgo ainda elogiou o zagueiro Gustavo, ex-Boavista, que fez sua estreia com a camisa do Flamengo na vitória sobre o Atlético-PR. O jogador sequer vinha sendo relacionado para o banco de reservas, mas ganhou a oportunidade depois de a comissão técnica decidir poupar vários titulares.

“Ele é bom zagueiro, pegou as bolas altas com um bom tempo. Preferi dar uma proteção maior ao Gustavo, escalando o time com três zagueiros. Aos poucos, vai ocupar o espaço gradativamente”, explicou Luxemburgo.

O resultado foi importante, pois na Copa Sul-Americana o gol fora de casa é critério de desempate. O jogo de volta com o Atlético-PR é no dia 24, na Arena da Baixada. O Flamengo se classifica mesmo com uma derrota por um gol de diferença, desde que marque pelo menos um.

“Nosso time não pode levar gol, pois sei que a gente vai fazer. Se não me engano, só não marcamos em cinco jogos (na verdade, foram seis) na temporada”, disse Luxemburgo, que agora prepara o time para o confronto com o Figueirense, domingo, às 16h, no Estádio Orlando Scarpelli, pela 16a rodada do Campeonato Brasileiro.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG