Com gols de Willlian e Renato, jogo terminou 1 a 1, resultado que garantiu a liderança aos paulistas

nullEm um jogo que teve como grande destaque a despedida do sérvio Petkovic , Corinthians e Flamengo empataram por 1 a 1, neste domingo, no Rio. O empate com gols de Willian, para o time paulista, e Renato, para o Fla, foi melhor para o Corinthians, que assumiu a liderança com sete pontos (mesma pontuação do Palmeiras, mas gol com um ataque mais positivo do que o do arquirrival).

Já o Flamengo, que goleou o Avaí na estreia e empatou com o Bahia na segunda rodada, soma cinco pontos e caiu para a nona posição.

Confira a classificação atualizada do Campeonato Brasileiro

O Corinthians começou bem, ameaçando sempre o gol de Felipe. O time rubro-negro não demorou para dar o troco. Ronaldinho tabelou com Petkovic e tocou para Botinelli, o argentino arriscou de longe, a bola caiu de repente e quase pegou o goleiro Júlio César de surpresa. Era lá e cá, e, aos seis minutos, Jorge Henrique teve tudo para abrir o placar no Engenhão. O atacante recebeu livre pela esquerda dentro da área e chutou forte na rede pelo lado de fora assustando o goleiro Felipe.

O Flamengo deu o troco em seguida. Ronaldinho fez grande jogada pela esquerda e cruzou na medida para Wanderley, mas o atacante chegou atrasado e a zaga do Corinthians colocou para escanteio.

null




Como já diz o ditado, quem não faz, leva. E desta vez o Corinthians não desperdiçou a oportunidade. Weldinho recebeu passe de Danilo, passou como quis por Egídio e tocou para trás, Willian chutou forte sem defesa para Felipe e abriu o placar para a equipe paulista.

O gol calou a torcida do Flamengo e o time só acordou aos 32 minutos. Botinelli tocou para Petkovic, o sérvio achou Wanderley entre os zagueiros do Corinthians, mas o goleiro Júlio César saiu nos pés do atacante do Flamengo e evitou o gol de empate.

O lance serviu de aquecimento, mas, aos 39, não teve jeito. Ronaldinho foi derrubado na entrada da área por Fábio Santos. A torcida pediu Petkovic, mas foi Renato quem cobrou com perfeição para deixar tudo igual.

No intervalo, Petkovic foi ovacionado pela torcida do Flamengo, recebeu uma placa das mãos da presidente Patrícia Amorim e deu a volta olímpica enquanto os telões do Engenhão exibiam o gol de falta do tricampeonato de 2001.

Petkovic em ação na partida deste domingo
Vipcomm
Petkovic em ação na partida deste domingo
Com Negueba no lugar do dono da festa Petkovic, o Flamengo voltou em cima do Corinthians e, aos cinco, teve uma grande chance de desempatar. Botinelli cobrou escanteio, Wanderley cabeceou e Júlio César fez grande defesa quase em cima da linha.

O time paulista deu o troco no ataque seguinte, também numa cobrança de escanteio. William Cobrou da direita na cabeça do pequenino Jorge Henrique, o atacante levou a melhor sobre a zaga rubro-negra e cabeceou para o chão, mas Felipe mais uma vez impediu o gol do Corinthians.

O Flamengo voltou a assustar aos 19. Negueba rouba a bola de Fábio Santos, entregou a Ronaldinho, o camisa 10 fez grande jogada e tocou para Diego Maurício, que acabara de entrar no lugar de Wanderley, que chutou na rede pelo lado de fora.

O jogo caiu de produção e os dois ataques pouco incomodavam. Até que, aos 30, num lance despretencioso, Ronaldinho quase virou o jogo. O meia recebeu na intermediária e arriscou, a bola quicou, enganou Júlio César e beliscou a trave direita.

Aos 36, a torcida do Flamengo acordou novamente, mas não para comemorar um gol ou vibrar com um lance de perigo. Emerson, ex-Flu e Fla, foi vaiado ao entrar no lugar de Jorge Henrique e estrear com a camisa do Corinthians.

O Corinthians deu o troco aos 41. Emerson fez boa jogada, a zaga do Flamengo cortou e a bola sobrou para Paulinho. O volante acertou uma bomba de canhota, que desviou em David e foi para escanteio. Moraes cobrou na cabeça de Leandro Cástan, que obrigou Felipe a operar um milagre e salvar o Flamengo da derrota, no último lance de perigo da partida.

FICHA TÉCNICA – FLAMENGO 1 X 1 CORINTHIANS

Local : Engenhão, Rio de Janeiro
Data: 5 de junho de 2011, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (PR)
Assistentes : Gilson Bento Coutinho e Ivan Carlos Bohn (ambos do PR)
Renda : R$ 1.180.655,00
Público pagante : 37.010 (público presente: 42.000)

Cartão amarelo : Liedson (COR), Chicão (COR)

Gols:
FLAMENGO: Renato, aos 39 do primeiro tempo
CORINTHIANS: William, aos 18 do primeiro tempo

FLAMENGO: Felipe, Leonardo Moura, Welinton, David e Egídio (Júnior Cèsar); Willians, Renato, Petkovic (Negueba) e Bottinelli; Ronaldinho Gaúcho e Wanderley (Diego Maurício)
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

CORINTHIANS: Júlio César, Weldinho, Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho e Danilo (Moraes); Jorge Henrique (Emerson), Willian e Liedson (Edenilson)
Técnico: Tite

Bem que Vanderlei Luxemburgo gostaria de seguir contando com Petkovic em campo...
Milton Trajano
Bem que Vanderlei Luxemburgo gostaria de seguir contando com Petkovic em campo...

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.