Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Flamengo e Ceará não saem do lugar com empate no Castelão

Time carioca fica duas vezes na frente, mas Magno Alves marca os dois gols do Ceará e jogo termina empatado em 2 a 2

Thales Soares, iG Rio de Janeiro |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237861827368&_c_=MiGComponente_C

A rivalidade individual pesou no jogo disputado nesta quarta-feira, no Castelão. Se Ronaldo Angelim vestiu a camisa do Fortaleza para fazer o segundo gol do Flamengo, Magno Alves lembrou os tempos de Fluminense para fazer os dois gols do Ceará e garantir o empate em 2 a 2, que não resolveu a vida de nenhum dos times no Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o Flamengo, que enfrenta o Atlético-PR, domingo, em Volta Redonda, chegou aos 40 pontos, abriu cinco da zona de rebaixamento, mas ainda não está garantido na Copa Sul-Americana. Já o Ceará soma 44 pontos e vai jogar contra o Grêmio, sábado, no Olímpico.

Assista aos gols do jogo no Castelão

O jogo
O Flamengo entrou em campo, nas palavras de seu treinador, preocupado em não permitir que o Ceará ditasse o ritmo de jogo. E teve tudo a seu favor para impedir o domínio do rival no Castelão. Logo aos dois minutos, Renato cobrou escanteio, Michel Alves falhou, Diego Maurício ajeitou e Welinton, de bico, abriu o placar, marcando seu primeiro gol pelo clube.

O próprio Welinton teve a chance de aumentar em nova cobrança de escanteio. Desta vez, Correa cobrou, Michel Alves cortou, o zagueiro do Flamengo chutou e Eusébio salvou.

Mas o Flamengo parou de jogar e o Ceará fez justamente o que Vanderlei Luxemburgo temia, começando a pressionar. Aos 25, Magno Alves chutou de fora da área e a a bola parou na trave. Dois minutos depois, não teve jeito. Em saída errada de Marcelo Lomba, o atacante aproveitou a sobra e acertou um belo chute para empatar o jogo.

Por pouco não aconteceu a virada. Boiadeiro fez um carnaval para cima de Juan e cruzou na cabeça de Washington, que mandou para fora, aos 31 minutos. Pouco depois, o mesmo Washington tentou um cruzamento, a bola desviou em Welinton e quase morreu no fundo do gol de Marcelo Lomba.

O ataque 3D do Flamengo não conseguiu produzir uma jogada sequer. Diego Maurício, Deivid e Diogo se perderam em meio aos defensores do Ceará, enquanto o meio-campo e os laterais também não conseguiam criar jogadas perigosas.

Apesar da inoperância o trio, a combinação ainda durou até os 17 minutos do segundo tempo. Vanderlei, então, colocou Val Baiano e Marquinhos nos lugares de Diogo e Diego Maurício. O Ceará também mexeu, substituindo Washington por Marcelo Nicácio.

O Flamengo não conseguia vencer o bloqueio do Ceará e a melhor saída continuou sendo a bola aérea, que já havia resultado no primeiro gol. Aos 22 minutos, Renato cobrou escanteio e a bola voltou para ele. Em novo cruzamento, Ronaldo Angelim, que ficou conhecido jogando pelo Fortaleza, se antecipou a Heleno e marcou o segundo gol, em bonita cabeçada. O seu primeiro no Brasileiro desde o gol do título do ano passado na última rodada.

Fernando, que entrou no lugar de Deivid, quase fez o terceiro, de cabeça, mas Eusébio salvou em cima da linha. O Flamengo ainda teve outras chances, mas viu a vitória escorrer pelos braços de Marcelo Lomba. Boiadeiro chutou cruzado, o goleiro do Flamengo rebateu nos pés de Magno Alves, que empatou o jogo.


FICHA TÉCNICA - CEARÁ 2 x 2 FLAMENGO

Local: Castelão, em Fortaleza (CE)
Data: 3 de novembro de 2010, na quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Paulo César Oliveira (SP)
Assistentes: Márcio Santiago (MG) e Anderson Coelho (SP)
Cartões amarelos: Eusébio, Geraldo (CEA), Willians (FLA)

GOLS:
Ceará: Magno Alves, aos 27 minutos do primeiro tempo e aos 37 do segundo
Flamengo: Welinton, aos dois minutos do primeiro tempo. Ronaldo Angelim, aos 22 minutos do segundo tempo

CEARÁ: Michel Alves; Boiadeiro, Diego Sacoman, Fabrício e Eusébio; João Marcos, Michel, Heleno (Reina) e Geraldo (Wellington Amorim); Magno Alves e Washington (Marcelo Nicácio)
Técnico: Dimas Filgueiras 

FLAMENGO: Marcelo Lomba; Leonardo Moura, Welinton, Ronaldo Angelim e Juan; Willians, Correa e Renato; Diogo (Val Baiano), Deivid (Fernando) e Diego Maurício (Marquinhos)
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG