Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Flamengo e Atlético-PR duelam com objetivos opostos

Enquanto os cariocas buscam acabar de vez com a chance de rebaixamento e garantirem uma vaga na Copa Sul-americana, para os paranaenses o confronto servirá para manter o sonho de classificação para a Libertadores

Gazeta Esportiva |

A partida entre Flamengo e Atlético-PR, neste domingo, às 19h30 (horário de Brasília), em Volta Redonda, é importante para as duas equipes de maneiras diferentes.

Para o rubro-negro carioca, a semana foi marcada pelas falhas individuais do goleiro Marcelo Lomba contra o Ceará, no meio de semana. No entanto, o jogador foi elogiado por todos no clube, que não o culparam pelo resultado no Castelão. O próprio Marcelo Lomba fez questão de minimizar sua atuação.

"Acho que, quando o time ganha, ganha todo mundo. Quando perde, perde todo mundo. Fiquei chateado por ter levado os dois gols, mas é coisa do futebol", disse.

Outro fator negativo foi a atuação do trio de ataque formado por Deivid, Diego Maurício e Diogo. O técnico Vanderlei Luxemburgo criticou muito a falta de movimentação de Diego Maurício e Diogo, que concordou com o comandante. "Realmente acho que faltou um pouco de movimentação minha e do Diego. Éramos atacantes, estávamos ali para isso. Vamos trabalhar para evitar isso no futuro", declarou.

A tendência é a de que Luxemburgo permaneça com o esquema com três atacantes. A única mudança na equipe deverá ser a volta do volante Maldonado no lugar de Corrêa. O chileno não atuou no meio de semana por estava cumprindo suspensão pelo terceiro cartão amarelo.

Depois de uma vitória suada diante do Palmeiras, com um gol do argentino Nieto, já nos acréscimos, o Furacão manteve vivo o sonho de conquistar uma vaga na Libertadores da América e vai motivado para a partida. Com 50 pontos, na oitava colocação, o time paranaense torce por um tropeço dos líderes, especialmente do Botafogo, quatro pontos à frente, além de secar os brasileiros na Copa Sul-americana.

Claro que tudo isso só terá sentido se o próprio time fizer sua parte em campo, não só na Arena da Baixada, mas também fora de seus domínios. E é esse espírito que o treinador espera do time, o de cinco decisões até o final da temporada. "Faltam cinco jogos. Vamos acreditar no nosso grupo e fazer a nossa parte. O Atlético vai buscar e lutar até o fim. Em Volta Redonda vai ser mais um jogo duro. Mas nós temos que ir para jogar e vencer", avaliou.

Em relação ao time, ainda desfalcado, a expectativa é pelas voltas do zagueiro Rhodolfo e o meia Branquinho, ainda na dependência de um aval do departamento médico. Do contrário, será repetida a equipe que encarou o Verdão, com Netinho, ainda longe de seus melhores dias, na armação e Rafael Santos na defesa. No ataque, Bruno Mineiro deve ganhar mais uma oportunidade, mas começa a perder espaço para o então criticado Nieto.

FICHA TÈCNICA
FLAMENGO x ATLÉTICO-PR


Local: Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)
Data: 7 de novembro de 2010, domingo
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: José Henrique de Carvalho (SP)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (Fifa-SP) e Márcia Lopes Caetano (Fifa-RO)

FLAMENGO: Marcelo Lomba, Leonardo Moura, Wellinton, Ronaldo Angelim e Juan; Willians, Maldonado, Renato Abreu; Diogo, Diego Maurício e Deivid
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

ATLÉTICO-PR: Neto; Wagner Diniz, Manoel, Rafael Santos (Rhodolfo) e Paulinho; Chico, Vitor, Paulo Baier e Netinho (Branquinho); Ivan Gonzalez e Bruno Mineiro (Nieto)
Técnico: Sérgio Soares

Leia tudo sobre: atlético-prcampeonato brasileiroflamengo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG