Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Flamengo demonstra preocupação antes de jogo contra o Figueirense

Luxemburgo exaltou a grande campanha que o time catarinense vem fazendo no Brasileirão

Gazeta |

Passada a derrota de 2 a 0 para o Coritiba, que deixou o time mais distante da luta pelo título do Campeonato Brasileiro, o Flamengo já começa a pensar o duelo da próxima quinta-feira, às 20h30 (de Brasília), diante do Figueirense no Estádio do Engenhão, em confronto válido pela 35ª rodada. O jogo se desenha muito complicado para o Fla, que ligou o sinal de alerta por conta da grande campanha que o time catarinense vem fazendo neste segundo turno do Brasileirão. O time catarinense, que no fim de semana fez 2 a 1, de virada, no Atlético-MG, não perde há 13 jogos, tendo vencido seus últimos seis compromissos.

Flamengo é o sexto lugar no Campeonato Brasileiro. Veja a tabela

"Nós vamos enfrentar a equipe que mais cresceu nesta reta final de Campeonato Brasileiro e sabemos o tamanho do problema que nos espera. Mas o Flamengo tem como objetivo disputar a próxima Copa Libertadores e para isso é fundamental ganharmos esse confronto direto. O Figueirense é postulante à vaga e por isso se torna fundamental para a nossa equipe vencer", disse o técnico Vanderlei Luxemburgo, que estaria de olho em algumas peças do time catarinense para reforçar o Fla em 2012.

Foi exatamente o Figueirense que tirou o Fla da zona de classificação para a Copa Libertadores no fim de semana. Além de vencer os mineiros, o time de Florianópolis foi beneficidado pela derrota dos flamenguistas diante do Coritiba. O Figueira tem 56 pontos, um a mais que o Flamengo, que poderia ficar em situação muito delicada em caso de derrota. Ainda mais se Fluminense (56 pontos) e Botafogo (55 pontos) ganharem nesta quarta-feira de Grêmio e América-MG, respectivamente.

O lateral esquerdo Junior César tem consciência da importância do desafio: "Sabemos que esse confronto diante do Figueirense se tornou uma verdadeira decisão para a nossa equipe, pois tivemos alguns tropeços que não estavam nos planos, como contra o Coritiba na rodada passada. Mas estamos com o sinal de alerta ligado, pois não é fácil enfrentar essa equipe, que foi a que mais venceu nas últimas rodadas e que se comporta da mesma maneira tanto em casa quanto fora. A nossa expectativa é de um duelo muito disputado e decidido apenas nos detalhes".

Leia também: Renato Abreu pede confiança na reta final

Para o compromisso diante do Figueirense, o Flamengo terá modificações em relação ao time que foi derrotado pelo Coritiba. A começar pela camisa 1, pois Felipe está suspenso por ter recebido o terceiro cartão amarelo no Paraná, e caberá a Paulo Vitor proteger a meta flamenguista. Ele se diz preparado para o desafio: "Tenho uma boa oportunidade e vou fazer o possível e o impossível para não decepcionar toda a confiança depositada em mim. Aprendi muito com o Cantarele (preparador de goleiros do Flamengo) e com o Luxemburgo. Espero mostrar isso outra vez em campo".

Outra modificação acontecerá na zaga, com o retorno de Alex Silva, que cumpriu suspensão diante do Coritiba e volta na vaga de Ronaldo Angelim. A tendência é que David Braz seja seu companheiro, pois Welinton, então titular, foi barrado contra o Coritiba por estar acima do peso ideal. Nesta quarta-feira, o elenco participa de um recreativo e depois tem início o período de concentração.

Entre para a Torcida Virtual do Flamengo e convide seus amigos

116 anos
O Flamengo viveu uma terça-feira de comemorações por conta de seu 116º aniversário. Os festejos começaram na noite anterior, com a festa oficial em uma casa de espetáculos do Rio de Janeiro. Pela manhã, contando com a presença da presidente Patrícia Amorim, houve o toque de alvorada, seguido de uma celebração religiosa, com direito a oração puxada pela própria Patrícia.

A charanga, tradicional banda do clube, apareceu para tornar o evento musical. Dentre os jogadores, o único que compareceu foi o chileno Fierro. Também não estiveram presentes membros da comissão técnica. A presidente comentou os festejos, se referindo à derrota para o Coxa: "É um dia muito especial para todos nós, pois sempre há motivo para comemorar no Flamengo. Esperamos, porém, que as coisas melhores nos próximos jogos".

Leia tudo sobre: FlamengoBrasileirão 2011Figueirense

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG