Enquanto o time rubro-negro encostou nos líderes, o Cruzeiro termina a 33ª rodada na zona do rebaixamento

null

E o Flamengo está de volta à briga pelo título do Campeonato Brasileiro . O time carioca não teve pena do Cruzeiro , que vive seu pior momento na era dos pontos corridos, e goleou a equipe de Vágner Mancini. Com dois gols de Deivid e três de Thiago Neves, o Flamengo virou sobre o Cruzeiro, que abriu o placar com Anselmo Ramon.

Mas quem olha o placar elástico, não imagina como foi difícil para o Flamengo os primeiros 30 minutos de jogo. O time da casa não tinha força e velocidade para chegar ao gol do cruzeirense Fábio. Já o Cruzeiro mostrava como estava concentrado e decidido em colocar fim no seu tabu de nunca ter vencido no Engenhão. Tanto que o time mineiro abriu o placar com Anselmo Ramon, aos 32 minutos.

> Cruzeiro entrou na zona de rebaixamento. Veja como está a classificação do Brasileiro

Sete minutos depois o lance que decidiu o rumo da partida. Ainda melhor em campo, o Cruzeiro teve pênalti para bater. Montillo foi derrubado por Alex Silva. O camisa 10 celeste não bateu dessa vez, por ter errado três cobranças no Brasileiro, cinco desde que chegou à Toca da Raposa. A tarefa coube ao uruguaio Victorino. Mas nada mudou, já que ele também errou e acertou o travessão.

Os quase 40 mil flamenguistas presentes no estádio começara a empurrar o time. Embalado, o Flamengo chegou ao empate com Deivid, num lance que resume bem o momento do Cruzeiro no Brasileirão. O atacante chutou de longe e acertou o travessão, mas a bola bateu nas costas de Fábio, já caído e entrou.

Deivid cabeceia para anotar o 2º gol do Fla
AE
Deivid cabeceia para anotar o 2º gol do Fla
Se o Cruzeiro foi melhor nos primeiros 30 minutos de jogo, o Flamengo dominou o restante da partida. Ainda na primeira etapa o time carioca teve perto de virar, com Thiago Neves. Mas coube a Deivid colocar o Flamengo em vatangem, de cabeça. O camisa 9 aproveitou vacilo geral da defesa celeste e do goleiro Fábio, aos 3 minutos do segundo tempo.

Aos cinco minutos o meia Montillo se machucou e teve de ser substituído. O que se viu a partir de então foi um atropelamento. Aos 12 minutos do segundo tempo o Flamengo já vencia por 4 a 1, com dois gols do meia Thiago Neves. Perdido em campo, o Cruzeiro estava perto de levar o quinto gol, mas não de reagir. E foi o que aconteceu. Fábio errou mais uma vez e Thiago Neves anotou o terceiro dele no jogo.

Anselmo Ramon ainda foi expulso, o que fazia crer em um placar ainda mais elástico. Mas não foi o que ocorreu. Claramente o Flamengo tirou o pé do acelerador e poupou o Cruzeiro de um vexame ainda pior. Enfim uma rodada perfeita para o Flamengo, de novo na briga pelo título do Brasileirão. Já o Cruzeiro, além da goleada, viu seus adversários diretos vencerem, entre eles o Avaí. Resultado que colocou o time entre os piores do Brasileirão.

FICHA TÉCNICA – FLAMENGO 5 X 1 CRUZEIRO

Local: Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 6 de novembro de 2011 (Domingo)
Horário: 17h(de Brasília)
Público: 34.436 pagantes
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (Fifa-RS)
Assistentes: José Franco Filho (RS) e Marcelo Barison (RS)
Cartões Amarelos: Alex Silva (FLA); Charles e Cribari (CRU)
Cartão Vermelho: Anselmo Ramon (CRU)

GOLS:
FLAMENGO: Deivid, aos 35 minutos do primeiro tempo e aos 3 minutos do segundo tempo; Thiago Neves, aos 9, aos 12 e aos 24 minutos do segundo tempo
CRUZEIRO: Anselmo Ramon, aos 23 minutos do primeiro tempo

FLAMENGO: Paulo Victor; Léo Moura, Alex Silva, Welinton (David Braz) e Junior Cesar; Airton, Maldonado (Muralha) e Thiago Neves; Ronaldinho, Thomás (Fierro) e Deivid.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

CRUZEIRO: Fábio; Cribari, Léo, Victorino e Diego Renan; Marquinhos Paraná, Fabricio, Charles (Élber) e Montillo (Roger); Farías (Wellington Paulista) e Anselmo Ramon.
Técnico: Vágner Mancini.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.