Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Flamengo ainda alimenta sonho de ter Ronaldinho Gaúcho em 2011

Relacionamento entre diretoria do clube e Assis é próximo. Marketing tem projeto pronto para o jogador

Thales Soares, iG Rio de Janeiro |

O futuro de Ronaldinho Gaúcho segue indefinido. São mais seis meses de contrato com o Milan, uma insatisfação que só cresce e clubes brasileiros prontos para recebê-lo. Um deles é o Flamengo. O primeiro contato foi feito por Marcos Braz, então vice-presidente de futebol, em abril, e desde então o relacionamento com Assis, irmão e empresário do jogador, se tornou mais próximo.

O departamento de marketing do Flamengo tem pronto há seis meses um projeto já conhecido por Assis para bancar a contratação de Ronaldinho Gaúcho. Ele continua de pé e as empresas interessadas em participar da ação seguem com o mesmo pensamento, segundo pessoas ligadas à diretoria do clube. Tudo depende do empresário aparecer com a liberação do Milan em mãos.

undefined
Ronaldinho não vive bom momento no Milan, mas clube ainda não liberou volta ao Brasil
A presidente Patrícia Amorim conheceu Assis em julho deste ano, quando o Flamengo enfrentou o Internacional, em Porto Alegre, pelo Campeonato Brasileiro. Mais um contato importante na relação. Ela está em Búzios, onde passou o Natal com a família, e volta ao Rio nesta terça-feira, coincidência ou não, data marcada para um encontro na cidade entre o empresário de Ronaldinho e Adriano Galliani, homem forte do futebol do Milan, que está de férias.

“Já me ligaram dizendo que há um tititi sobre o Ronaldinho no Flamengo. Eu não sei e não participei de reunião alguma nesses últimos dias. O Flamengo continua esperando, vamos ver o que vai acontecer”, afirmou Patrícia Amorim, por telefone, sempre confiante na falta de um acerto real entre o jogador com o Grêmio ou Palmeiras, os concorrentes na briga para contratá-lo.

Ronaldinho Gaúcho está em Dubai com o Milan, o que diminuiu o ímpeto dos clubes interessados em sua contratação. O jogador já declarou a amigos diversas vezes a sua vontade de vestir a camisa do Flamengo, clube ao qual se refere como o maior do mundo. Ele tem um filho que mora no Rio e possui algumas propriedades na cidade.

Assis, assim como Ronaldinho, também costuma passar férias no Rio e alguns dos melhores amigos da família moram na cidade. A Copa do Mundo de 2014 também é um atrativo, mas nada determinante. A decisão sobre seu futuro está nas mãos de seu irmão e empresário. Quando ela vai acontecer? Depende do Milan.

Leia tudo sobre: FlamengoRonaldinho GaúchoGrêmioPalmeirasAssis

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG