Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Fla-Flu vai ao STJD com cinco denunciados

Até o árbitro será julgado na próxima terça-feira. Técnico Abel Braga pode pegar 21 jogos de suspensão

Thales Soares, iG Rio de Janeiro |

Flamengo e Fluminense estarão no banco dos réus na próxima terça-feira, às 18h, no Superior Tribunal de Justiça Desportiva. Renato, Rafael Moura, Souza, Abel e o árbitro Felipe Gomes da Silva foram denunciados pelos fatos ocorridos no clássico de domingo passado, pela 28a rodada do Campeonato Brasileiro.

Veja a classificação do Campeonato Brasileiro

Abel responderá pelos artigos 258 (dar ou transmitir instruções a atletas, durante a realização de partida, prova ou equivalente, em local proibido pelas regras ou regulamento da modalidade desportiva), 243 (ofender alguém em sua honra, por fato relacionado diretamente ao desporto) e 258 (assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva não tipificada pelas demais regras deste Código) pode pegar uma suspensão de até 21 partidas, além de uma multa de até R$ 100 mil.

Já Rafael Moura foi denunciado por sua atitude depois do jogo. Com base em prova de vídeo, o STJD vai apresentar o momento em que o jogador cospe em Renato, do Flamengo. Ele responderá ao artigo 254 (cuspir em outrem). A pena é de seis a 12 partidas de suspensão.

As imagens também levaram o tribunal a denunciar Renato. Ele teria aplicado uma cotovelada na boca de Rafael Moura, que foi ao árbitro mostrar que estava sangrando no fim do primeiro tempo. O jogador do Flamengo responderá ao artigo 254 (praticar jogada violenta) do CBJD, com pena que varia de uma a seis partidas de suspensão.

Souza está enquadrado no mesmo artigo de Renato. O jogador do Fluminense foi expulso de forma direta ao fazer uma falta no meio do campo em Bottinelli, que havia feito dois gols na vitória do Flamengo por 3 a 2.

Em relação ao árbitro Felipe Gomes da Silva, também com prova de vídeo, o STJD o denunciou por dois empurrões em Rafael Moura depois da expulsão de Souza. Ele responderá ao artigo 273 (praticar atos com excesso ou abuso de autoridade) do CBJD, com pena de multa de R$ 100 a R$ 1 mil, além de suspensão entre 15 e 180 dias.

null

Leia tudo sobre: FlamengoBrasileirão 2011Fluminense

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG