Time rubro-negro faz 2 a 0, permite a reação do rival e não aproveita tropeço do líder Corinthians

A invencibilidade no Brasileirão continua, mas o Flamengo segue sem vencer no Sul do país. Depois de fazer 2 a 0, com dois gols de Deivid, e dar a impressão de acabaria com o incômodo tabu que já dura quase três anos, o time rubro-negro permitiu a reação do Figueirense e deixou Florianópolis com um amargo empate, por 2 a 2, na bagagem.

Com o ponto conquistado fora de casa, a equipe carioca soma os mesmo 34 pontos do Corinthians , que empatou com o Ceará , no Pacaembu, pelo mesmo placar, mas fica na segunda colocação por ter uma vitória a menos do que o time paulista.

Sem Ronaldinho e Renato Abreu, que receberam o terceiro cartão amarelo, o Flamengo volta a campo quinta-feira, contra o Atlético-GO , às 21h, no Engenhão.

Já o Figueirense, que segue na oitava posição com 23 pontos (pode cair para nono caso o Fluminense derrote o Grêmio , às 18h30, no Olímpico), enfrenta o atual campeão brasileiro, quarta-feira, às 19h30, no Engenhão.

Entre para a Torcida Virtual e convide seus amigos

null

O JOGO

Embalado pela vitória, fora de casa, sobre o Atlético-MG , o Figueirense tomou a iniciativa do jogo. E, aos 7 minutos, até abriu o placar, com Fernandes, mas o gol foi bem anulado acertadamente pelo árbitro Heber Roberto Lopes, que marcou impedido na jogada.

Aos 17, o Flamengo chegou pela primeira vez. Deivid tabelou com Ronaldinho Gaúcho e se chocou com o zagueiro João Paulo. O lance foi normal, mas desta vez o árbitro paranaense errou ao marcar falta. Na cobrança, o camisa 10 rubro-negro obrigou Wilson a fazer boa defesa.

O Figueirense deu o troco em seguida. Aos 20, Renato Abreu errou uma saída de bola nos pés de Bruno, o lateral-direito avançou e soltou a bomba do meio da rua. Bem colocado, Felipe fez grande defesa e evitou o gol do time catarinense.

Quando os donos da casa tinham total domínio do jogo, Ronaldinho, que andava sumido, resolveu acordar. O craque rubro-negro pegou a bola na intermediária do Figueirense, se livrou de dois marcadores e achou Leonardo Moura livre pela direita, o lateral cruzou com perfeição para Deivid, que cabeceou para o chão sem defesa para o goleiro Wilson.

O Flamengo ainda teve a chance de aumentar a vantagem, aos 44 minutos, novamente com Deivid. Renato disparou pelo meio e tocou para o atacante, que, sozinho, dominou mal e chutou em cima de Wilson.

Siga o iG Flamengo no Twitter e receba as notícias do time em tempo real

O Figueirense voltou do intervalo com o atacante Somália no lugar de Fernandes, mas foi o Flamengo que começou o segundo tempo no ataque. E a recompensa veio logo aos cinco minutos. Ronaldinho Gaúcho cobrou escanteio da esquerda na cabeça de Deivid, que só escorou para dentro do gol.

A resposta dos donos da casa veio três minutos depois. Somália recebeu passe açucarado de Juninho e chutou sem defesa para Felipe, que não sofria gol há 592 minutos.

Mas o Figueirense não se conformou apenas em diminuir a vantagem do Flamengo e encurralou o adversário no seu campo. A pressão era muito grande e, aos 25, veio o gol de empate. Na cobrança de escanteio de Maicon, Felipe saiu muito mal e Edson Silva se antecipou para deixar tudo igual de cabeça.

Os donos da casa ainda tiveram a chance de virar, mas desperdiçaram com Edson Silva que, em posição duvidosa, pegou o rebote e chutou para fora assustando o goleiro Felipe.

FICHA TÉCNICA – FIGUEIRENSE 2 X 2 FLAMENGO

Local : Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC)
Data : 14 de agosto de 2011, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro : Heber Roberto Lopes (PR)
Assistentes : Roberto Braatz e Bruno Boschilia (ambos do PR)

Cartão amarelo: Willians (FLA), Aírton (FLA), Ronaldinho Gaúcho (FLA), Renato Abreu (FLA), Wellington (FLA)

Gols :

FLAMENGO : Deivid, aos 36 do primeiro tempo, e, aos 5 do segundo tempo

FIGUEIRENSE : Somália, aos 8 do segundo tempo, e Edson Silva, aos 25 do segundo tempo

Figueirense : Wilson, Bruno, João Paulo, Edson Silva e Juninho; Túlio, Jackson (Wilson Pittoni), Maicon e Fernandes (Somália) e Elias (Leandro Chaves); Júlio César
Técnico : Jorginho

Flamengo : Felipe, Leonardo Moura, Welinton, Ronaldo Angelim e Júnior César; Aírton, Willians (Botinelli), Renato e Ronaldinho Gaúcho; Thiago Neves e Deivid
Técnico : Vanderlei Luxemburgo

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.