Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Fla aposta em decisão no jogo de ida, como na campanha de 2006

Time pretende repetir os confrontos com o Guarani e o Atlético-MG no seu último título da Copa do Brasil

Thales Soares, iG Rio de Janeiro |

Em competições eliminatórias, usa-se como convenção a preferência por disputar a segunda partida de um confronto em casa. Na Copa do Brasil de 2006, o Flamengo precisou decidir a vaga fora nas oitavas e quartas de final. A arma utilizada para a classificação foi a goleada. Contra Guarani (5 a 1) e Atlético-MG (4 a 1), o time praticamente garantiu o resultado no jogo de ida. A intenção é fazer o mesmo nesta quarta-feira, contra o Horizonte-CE, no Engenhão, para evitar um drama no jogo de volta.

Siga o iG Flamengo no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Em 2006, na sequência da campanha, o Flamengo acabou conquistando o título, voltando a ser campeão da Copa do Brasil, que só havia vencido em 1990. O meia Renato, o lateral-direito Leonardo Moura e o zagueiro Ronaldo Angelim faziam parte daquele time, que derrotou o Vasco na final da competição.

“Temos de aproveitar o nosso mando de campo. Respeitamos a equipe deles, mas se pudermos fazer igual a 2006 seria o ideal. Temos de vencer este jogo bem para podermos viajar com tranquilidade e nos preparar para a sequência do Campeonato Carioca. Quando se trata de mata-mata, os jogos em casa são sempre fundamentais. Acho que 2006 realmente foi o melhor exemplo disso", disse Renato.

Para piorar, o Flamengo disputará o jogo de volta no acanhado Domingão, com capacidade para oito mil pessoas. A preocupação com a estrutura oferecida pela cidade é grande e o time sabe que não pode depender de um resultado no segundo jogo para garantir vaga nas quartas de final.

“Nossa única derrota em 2006 foi para o Gurani, lá em Campinas, pois viajamos mais relaxados”, lembrou Renato. “Como falam por aí, vai ser um jogo de 180 minutos e temos de matar tudo nos primeiros 90. A torcida vai nos ajudar a conseguir isso. Não podemos deixar para decidir lá. Temos de vencer e bem”, emendou.
 

Leia tudo sobre: FlamengoCopa do Brasil 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG