Reunião na tarde desta sexta-feira pode selar reintegração do meia ao elenco principal do Vasco

Na tarde desta sexta-feira, Carlos Alberto irá a São Januário conversar com o presidente Roberto Dinamite sobre seu retorno ao Vasco . Afastado desde fevereiro de 2011, o meia esteve emprestado ao Grêmio e ao Bahia, mas voltou a São Januário em janeiro e desde então treina separadamente. Caso seja reintegrado, o capitão da Série B do Brasileiro já terá condições de treinar com bola e atuar em duas semanas. Quem afirma é o fisiologista Daniel Gonçalves.


Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

“Ele está trabalhando intensamente para poder ser útil. Nós temos os parâmetros dele e do restante do grupo, mas acredito nada muito além do que duas semanas para ele poder jogar. Pode ser um pouco antes ou um pouco depois. Isso vai depender da necessidade e de inúmeros aspectos”, comentou o fisiologista.

Leia também: Líder Alecsandro faz lobby pela volta de Carlos Alberto

“Um desses aspectos é o aproveitamento no Vasco, uma adaptação a forma que o treinador pretende utilizá-lo, e também se ele será mesmo reintegrado”, completou Daniel.

Nas conversas que vem mantendo com o meia, Carlos Alberto dá a entender que planeja encerrar a carreira aos 35 anos.

“Com o passar do tempo, nós sofremos um processo de envelhecimento e começamos a apresentar sinais de desgaste. Ele está ciente disso, está trabalhando para ter um ápice de condição física e para se manter ainda por muito tempo no futebol, pelo menos até os 35 anos, essa é a intenção dele”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.