Médico da seleção brasileira vê meia santista recuperado e pronto para ajudar a equipe nacional na Copa América

Sem jogar desde o início de maio, quando sofreu um estiramento de grau 2 no músculo anterior da coxa direita, o meia Paulo Henrique Ganso , do Santos , deve entrar em campo nesta quarta-feira, na partida final da Copa Libertadores contra o Peñarol. Apesar de ainda não ter sido confirmado pelo técnico Muricy Ramalho, a presença do jogador é praticamente certa na decisão do título.

Gazeta Press
Ganso no CT Rei Pelé. Ele está recuperado e liberado para a final da Libertadores
Porém, para o médico da seleção brasileira , doutor José Luis Runco, o jogo desta quarta-feira não será parâmetro para definir o aproveitamento do jogador na Copa América. A não ser em caso de uma nova contusão na partida contra a equipe do Uruguai.

"Para ele poder fazer esse jogo, com certeza foi preparado. Partimos do princípio de que foi recuperado, essas foram as informações que os profissionais do Santos passaram. Por isso, o jogo desta quarta-feira não vai ser parâmetro para ele continuar com a seleção. Só se ele não conseguir ter um desenvolvimento por alguma lesão que possa acontecer no jogo. Caso contrário, está totalmente liberado", disse Runco.

Apesar de estar recuperado clinicamente, o condicionamento físico do jogador será diferente dos outros jogadores convocados, muitos em final de temporada. O preparador físico da seleção, Carlinhos Neves, evita dar uma previsão de quando o meia santista estará no mesmo nível dos outros atletas.

"Será uma evolução dia a dia. Precisamos dar um passo de cada vez, por isso seria prematuro antecipar ou prever alguma data nesse momento, mas confiamos muito de que coisas caminhem bem, acompanhando todos os procedimentos que marquem sua evolução, e que ele rapidamente esteja bem", declarou o preparador da seleção.

Após a final da Libertadores, os jogadores convocados do Santos (Neymar, Ganso e Elano) se juntarão à delegação na quinta-feira, já na concentração em Los Cardales , na Argentina. A estreia do Brasil na Copa América está marcada para o dia 3 de julho, contra a Venezuela.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.