Tamanho do texto

Vitória do Atlético-MG neste sábado foi a primeira de um clube de Minas em jogos disputados no Engenhão

O triunfo do Atlético-MG por 2 a 0 sobre o Fluminense colocou fim à maldição dos mineiros no Engenhão . Até o jogo deste sábado, o máximo que o futebol de Minas Gerais tinha conseguido no Estádio João Havelange eram três empates, dois com o Cruzeiro e um com o Ipatinga. Um dos responsáveis por colocar fim ao jejum, o técnico Cuca esteve presente também na primeira vez de uma equipe mineira no Engenhão.

Veja também: Atlético-MG dorme fora do Z-4. Veja a classificação atualizada

Com nove partidas e nove derrotas no estádio construído para os jogos Pan-Americanos de 2007, Cuca usou o retrospecto atleticano na preleção e ficou muito satisfeito com o resultado. “Falamos na preleção, não pode um time grande como o Atlético jogar aqui 10 vezes e ter 10 derrotas. Foi tema nosso. Temos time para buscar vitória, quebrar esse tabu e ter um domingo bom com a família, mas comedido, porque segunda-feira tem que trabalhar novamente”.

Leia também: Atlético-MG surpreende o Fluminense e deixa zona do rebaixamento

nullSomente em 2011, o Atlético-MG havia disputado três partidas no Engenhão e perdido todas, duas delas, ambas contra o Botafogo , sob o comando de Cuca. Além do treinador, os jogadores atleticanos se mostraram aliviados com o final do tabu.

“Muito se falava durante a semana. Na coletiva fui muito contestado por causa dessa tabu e nós mostramos que futebol é dentro de campo. Então, a gente está de parabéns pelo resultado que conquistou aqui. Mas a gente sabe que se chegar no próximo jogo diante do Palmeiras e não fazer por merecer, nós iremos passar vergonha”, disse o zagueiro Réver .

Autores dos gols do Atlético-MG, o meia Daniel Carvalho e o atacante André , se tornaram os artilheiros do clube mineiro no Engenhão. Cada um já marcou duas vezes no estádio com a camisa alvinegra. Daniel Carvalho marcou ano passado, contra o próprio Fluminense, enquanto André havia feito diante do Botafogo, no primeiro turno. O gol do atacante, aliás, quebrou um jejum pessoal de dois meses sem marcar gols .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.