Mesmo torcedores que compraram pela internet tiveram que esperar horas para retirar os bilhetes

Há bandeiras e camisas da Argentina à venda no estádio em Córdoba
Paulo Passos
Há bandeiras e camisas da Argentina à venda no estádio em Córdoba
Quatro horas antes do jogo começar , brasileiros e paraguaios sofriam juntos. Não à espera de um gol de Neymar ou Barrios, mas sim aguardando para receber seu ingresso em uma fila. Mesmo tendo comprado a entrada via internet, os torcedores tiveram que aguardar horas para conseguir retirar os bilhetes para a partida da segunda rodada da Copa América , em Córdoba.

O estádio conta com maioria de torcedores paraguaios, evocando a musa Larissa Riquelme .

“Comprei ontem pela internet e agora vou esperar. Já estou há uma hora aqui”, afirmou Sergio Salles, de Recife, na fila, em frente ao estádio do Instituto de Córdoba. O local fica a 10 quilômetros do estádio Mario Kempes, onde será o jogo, e foi escolhido como ponto de entrega dos ingressos.

Há dois dias a organização da Copa América enfrenta problemas para distribuir as entradas dos jogos, principalmente para a partida da seleção argentina, onde a procura é maior. Em Córdoba, torcedores já entraram na Justiça depois de não conseguirem retirar os seus ingressos devido a demora nas bilheterias.

Torcida na fila para adquirir o ingresso no Estádio Alberto Kempes, em Córdoba
Paulo Passos
Torcida na fila para adquirir o ingresso no Estádio Alberto Kempes, em Córdoba

A venda de bilhetes para os jogos da Copa América é feita pela empresa argentina Tiketek. A companhia foi escolhida pela Traffic, que organiza o evento.

O presidente do comitê organizador da Copa América, José Luis Meiszner, se pronunciou sobre o caso, pedindo desculpas aos torcedores. “Vamos tomar as medidas necessárias, que são abrir novas caixas para as retiradas de ingressos. Há erros e desajustes, mas estamos corrigindo. Pedimos a paciência de todos”, afirmou o dirigente ao jornal “La Nacion”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.