Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Figueirense vira sobre Bahia com dois gols de Fernandes

Catarinenses chegam a 11 jogos sem perder e aproximam-se d disputa por uma vaga na Libertadores

Gazeta |

Nem Júlio César, nem Wellington Nem. Com sua dupla de ataque bem marcada, o Figueirense precisou de Fernandes para vencer o Bahia por 2 a 1, de virada, no Orlando Scarpelli. O meia - que não balançava as redes desde o dia 27 de março - entrou no segundo tempo e fez os dois gols do Figueirense. Pelo bahia, o tento foi de Diones.

Confira a classificação do Brasileirão

Com o resultado, o Figueirense chegou a 11 jogos de invencibilidade, a melhor série do time em Campeonatos Brasileiros - até então a marca histórica era a de 2004, com dez partidas invictas da equipe, comandada à época por Dorival Júnior.

Além do recorde, a vitória dos catarinenses mantem o sonho de conquistar uma vaga para a próxima Libertadores. Com 50 pontos, o Figueirense igualou o São Paulo na tabela e está a dois pontos do G-5. Já o Bahia continua em situação complicada, apenas quatro pontos à frente da zona de rebaixamento.

null

O jogo

Jogando com um trio de volantes - Hélder, Fabinho e Diones - e ainda com o lateral Marcone preso na marcação, o Bahia criou dificuldades ao Figueirense no primeiro tempo. Acostumado a usar a velocidade em suas jogadas, o Alvinegro viu a partida ficar truncada, principalmente pelos lances de faltas dos baianos.

A primeira chance dos catarinenses foi com Júlio César, que, da entrada da área, escapou dos zagueiros e chutou rasteiro, mas fraco, sem dificuldades para Marcelo Lomba defender. Mais tarde, aos 24 minutos, o Figueirense quase abriu o placar. Wellington Nem arriscou da meia-lua e mandou na trave dos baianos.

O lance acordou os visitantes, que finalmente abdicaram da forte marcação e passaram a criar jogadas de ataque. Tanto que Wilson trabalhou pela primeira vez, aos 32, ao cair para defender chute perigoso de Dodô. Antes do intervalo, o Bahia ainda assustou mais uma vez, quando Diones bateu de fora da área e a bola passou rente à trave alvinegra.

AE
Vitória de virada aproxima o Figueirense de uma vaga na Libertadores

A emoção que faltou na etapa inicial sobrou na final. Pouco depois de a bola voltar a rolar, Marcelo Lomba viu o arremate de Elias desviar na zaga e teve que se esticar todo para espalmar para escanteio.

Aos nove minutos, o Bahia aproveitou distração do Figueirense e abriu o placar. Após cruzamento, Souza ajeitou para Diones, que apareceu livre pelo meio e mandou para o fundo do gol. A torcida no Orlando Scarpelli, porém, não teve tempo de lamentar. Na saída de bola, o Alvinegro trocou passes em velocidade, acionando Fernandes, que chutou cruzado, de fora da área, e empatou.

O gol empolgou o Figueirense a buscar a virada. E ela veio 15 minutos depois, mais uma vez dos pés de Fernandes. Júlio César disparou pela direita e, marcado por dois, rolou para o meia mandar para a rede.

Satisfeito com a vitória parcial, o técnico Jorginho recuou a equipe ao sacar Wellinton Nem para a entrada de João Paulo. O Bahia, então, cresceu na partida e pressionou tentando o empate. Mas a defesa alvinegra e o goleiro Wilson garantiram o quarto triunfo consecutivo do time catarinense.

FICHA TÉCNICA
FIGUEIRENSE 2 X 1 BAHIA

Local: Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC)
Data: 30 de outubro de 2011, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Sálvio Spinola Fagundes Filho (SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse e Vicente Romano Neto (ambos de SP)
Cartões amarelos: Elias e Ygor (Figueirense); Paulo Miranda, Titi e Hélder (Bahia)

Gols: FIGUEIRENSE: Fernandes aos dez e aos 24 minutos do segundo tempo. BAHIA: Diones aos nove minutos da etapa final

FIGUEIRENSE: Wilson; Bruno, Roger Carvalho, Edson e Juninho ; Ygor, Túlio, Maicon (Fernandes) e Elias (Aloísio); Wellington Nem (João Paulo) e Júlio César
Técnico: Jorginho

BAHIA: Marcelo Lomba; Marcone, Paulo Miranda, Titi e Dodô; Fabinho, Hélder (Nicão), Camacho (Jones) e Diones (Júnior); Gabriel e Souza
Técnico: Joel Santana

Leia tudo sobre: brasileirão 2011figueirensebahia

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG