País havia sido excluído no final de setembro por conta da violência de seus torcedores em uma partida diante de Omã, em julho

selo

A Fifa anunciou nesta segunda-feira que a seleção de Mianmar poderá disputar as eliminatórias asiáticas para a Copa do Mundo de 2018, que acontecerá na Rússia. O país havia sido excluído no final de setembro por conta da violência de seus torcedores em uma partida diante de Omã, em julho. 

Apesar do retorno, a entidade máxima do futebol mundial ordenou que a seleção dispute todas as partidas com seu mando em um país neutro. A federação de Mianmar ainda terá de pagar uma multa de 25 mil francos suíços (cerca de R$ 49 mil). 

A equipe havia sido desqualificada por conta da atitude de seus torcedores, que fizeram com que o confronto com Omã, válido pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014, no Brasil, fosse interrompido ainda no primeiro tempo. 

Garrafas de água e pedras foram atacados para dentro de campo, o que fez com que o árbitro da partida a encerrasse. Omã, que já havia vencido a partida de ida por 2 a 0, estava vencendo pelo mesmo placar, que foi mantido. Assim, a seleção avançou na disputa com o placar agregado de 4 a 0, enquanto Mianmar foi eliminada.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.