Tamanho do texto

Secretário geral afirmou que sede continua na Copa do Mundo de 2014, mas será monitorada. Risco de deixar Mundial existe

Obras do estádio em Natal começaram mais de um ano atrasadas
Divulgação
Obras do estádio em Natal começaram mais de um ano atrasadas
O secretário geral da Fifa, Jérôme Valcke, admitiu preocupação com a construção do estádio na cidade de Natal (RN), que receberá quatro jogos da Copa do Mundo de 2014 . Apesar de afirmar que a capital potiguar segue no Mundial, ele insinuou que descartar sede pouco antes da competição não é algo impossível. “Podemos fazer uma Copa do Mundo com oito estádios”, disse Valcke.

A tabela : Veja os locais dos jogos da Copa de 2014

A Arena das Dunas teve as obra atrasada um ano e cinco meses por problemas na demolição do antigo estádio, o Machadão, e por discussões entre Governo Estadual e Prefeitura sobre responsabilidades nas obras. Com capacidade para 45 mil pessoas, tem preço estimado em R$ 417 milhões, com R$ 396,5 milhões financiados pelo BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) – o restante será pago por parceiros da construtora OAS - e teve início em agosto de 2011, com previsão para término em dezembro de 2013. Neste momento a Fifa acha difícil acontecer.

“O estádio que está sob monitoramento da FIFA, onde definitivamente há muito atraso. Monitoramente deste estádio vai ser importante para a Fifa”, disse Valcke. “Natal está incluída na Copa do Mundo, mas tem que acelerar”, completou.

Natal receberá apenas jogos da primeira fase da Copa do Mundo . O primeiro será entre adversários do grupo do Brasil, na primeira rodada. Haverá apenas um confronto de cabeça de chave, pelo Grupo D. Segundo o Ministério do Esporte, as obras estão na fase de "terraplenagem e drenagem do terreno".

Veja imagens das obras dos estádio da Copa de 2014: