Tamanho do texto

Depois de visitar o Maracanã, entidade máxima do futebol viu a reforma no estádio, que tem previsão para acabar em dezembro de 2012

selo

Representantes da Fifa e do COL (Comitê Organizador Local) fizeram na tarde desta quarta-feira a primeira vistoria nas obras do Mineirão, que está sendo reformado para sediar jogos da Copa de 2014. O estádio em Belo Horizonte é o segundo a receber inspeção, depois da visita ao Maracanã, no Rio - curiosamente, são as duas arenas previstas para o Mundial que enfrentaram greves de operários nas últimas semanas .

Em obras, Mineirão recebe visita de representantes da Fifa e COL
Sylvio Coutinho/Divulgação
Em obras, Mineirão recebe visita de representantes da Fifa e COL

Apesar das duas greves de operários que o Mineirão enfrentou recentemente, a Secopa (Secretaria de Estado Extraordinária da Copa do Mundo) informa que o cronograma da reforma do estádio está dentro do prazo, confirmando a conclusão das obras para 2012. Atualmente, cerca de 1.300 operários estão trabalhando no local, com a demolição da área interna já praticamente finalizada e outros avanços importantes.

Na vistoria desta quarta-feira, os representantes da Fifa e COL acompanharam de perto o andamento das obras. Puderam ver, por exemplo, que os novos amortecedores já foram instalados e que o campo foi rebaixado em 3,4 metros. E ainda subiram na cobertura do estádio, para ter uma visão do entorno do Mineirão, onde está sendo construída a esplanada multiuso, com capacidade para 65 mil pessoas e que será aberta 24 horas por dia.

Com custo previsto de R$ 665,7 milhões, a reforma deixará o Mineirão com 64,5 mil lugares, todos com 100% de visibilidade para o campo. Diante desse investimento no estádio, além da infraestrutura local, o governo mineiro espera conseguir levar a abertura da Copa de 2014 para Belo Horizonte. Mas a grande favorita para receber o jogo inaugural do Mundial é mesmo São Paulo - Brasília também está nessa disputa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.