Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Fifa esquece Teixeira e quer visitas às sedes da Copa com Pelé e R9

Jérôme Valcke, secretário-geral da entidade, divulgou um texto informando que irá viajar pelo Brasil em 2012

iG São Paulo |

O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, divulgou nesta segunda-feira que pretende visitar as 12 cidades que receberão jogos do Mundial de 2014 . Num texto assinado pelo dirigente e publicado no site da entidade máxima do futebol, ele diz que pretende viajar pelo Brasil ao lado de Ronaldo, novo membro do COL (Comitê Organizador Local da Copa), Pelé, a presidenta Dilma Rousseff e o ministro do esporte Aldo Rebelo. O presidente do COL e da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), Ricardo Teixeira, não é citado por Valcke.

Na última semana, Teixeira pediu licença da Fifa e do COL até o final de janeiro . Apesar de já ter data marcada para voltar, é a primeira vez que o cartola pede licença do comando das duas organizações. O afastamento acontece na mesma época em que é acusado pelo caso ISL e que também seu ex-sogro, João Havelange, deixou o cargo no COI (Comitê Olímpico Internacional) também sob a ameaça de ser expulso por causa de casos de corrupção.

VEJA TAMBÉM: Blatter marca reunião com Dilma e revela licença de Teixeira

Mowa Press
Enfraquecido por denúncias, Ricardo Teixeira chamou Ronaldo para o Comitê Organizador da Copa de 2014
No último sábado, quando anunciou o afastamento de Teixeira, o presidente da Fifa, Joseph Blatter, afirmou que poderá revelar o resultado das investigações sobre as denúncias de corrupção envolvendo o brasileiro. Segundo a rede inglesa de notícias BBC, o presidente da CBF , que é um dos principais envolvidos do caso ISL (empresa de marketing possível acusada de pagar propina a alguns membros da Fifa), teria confessado envolvimento no caso desde que seu nome fosse mantido em sigilo.

Afagos a Ronaldo, Pelé e Dilma
Além de esquecer de Teixeira, Jèrôme Valcke fez questão de se mostrar alinhado com o governo federal e com os dois ex-jogadores escolhidos para representarem o Mundial: Ronaldo e Pelé. “Como ídolo do futebol e maior artilheiro da história da Copas do Mundo, ele (Ronaldo) é o nome ideal para promover o evento e dar apoio à organização”, escreveu sobre o ex-atacante da seleção brasileira.

LEIA MAIS: Fifa e Dilma já tiveram em 2011 atritos por Lei Geral da Copa

Já o “Rei do Futebol” foi anunciado por Valcke como o “grande Pelé, consultor especial da presidenta Dilma Rousseff”. Além da presidenta, o dirigente “escalou” o ministro do esporte para a série de visitas às 12 sedes da Copa de 2014 . “É fundamental que eu também possa formar minha própria opinião quanto à situação dos preparativos durante as visitas que planejo fazer a cada dois meses às cidades-sedes no ano que vem. Não temos tempo a perder: o relógio está correndo cada vez mais rápido e a expectativa aumenta para todos nós”, afirmou o dirigente.

Salvador o Fortaleza serão os primeiro dois destinos da comitiva da Fifa.
 

Leia tudo sobre: Copa 2014FifaDilma RousseffRicardo TeixeiraJérôme ValckePeléRonaldo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG