Jogadores da seleção local admitiram o recebimento de suborno para perderem partidas

Os membros da equipe anticorrupção da Fifa (Federação Internacional de Futebol e Associados) adiaram uma visita que estava marcada para o domingo ao Zimbábue para uma data indefinida, mas ainda neste mês, com a intenção de dar mais tempo aos administradores locais para investigarem um esquema fraudulento de manipulação de resultados.

A Zifa (Associação de Futebol do Zimbábue) passa por investigação após jogadores da seleção local admitirem o recebimento de suborno para perderem partidas disputadas na Ásia em outubro de 2010.

Chefe-executivo da Zifa, Jonathan Masingaidze disse nesta quarta-feira que a Fifa está apoiando esta investigação interna. Mashingaidze disse que a equipe da Fifa adiou a sua chegada, a fim de garantir "uma investigação profunda e de longo alcance".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.