Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Fiasco de público fez clubes pedirem fim de jogo 21h aos sábados

CBF aceitou a solicitação depois de consultar emissora de TV. Gráfico mostra que média de público no horário era a pior da Série A

Marcel Rizzo, iG São Paulo |

A mudança no horário dos jogos do Campeonato Brasileiro para mais cedo, principalmente os das 21h de sábado, foi uma solicitação de alguns clubes. A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) apenas comunicou as alterações, sem explicar motivo , mas o iG apurou que alguns times reclamaram que o jogo mais tarde no sábado estava afastando público e, consequentemente, diminuindo rendas. A TV Globo, que detém o direito de transmissão em TV aberta, fechada e pay-per-view, foi consultada e concordou.

Levantamento mostra que a média de público às 21h do sábado era a mais baixa até a 15ª rodada, contando os sete horários reservados para jogos da Série A:

Compare

As médias de público por horário até a 15ª rodada (em milhares)

Gerando gráfico...

 

O Cruzeiro , por exemplo, teve dois jogos no horário ingrata. Um como visitante, no clássico contra o América (dia 18 de junho), mas que teve maioria de torcedores cruzeirenses. O segundo como mandante, uma semana depois, contra o Coritiba: em ambos o público não chegou a seis mil pagantes.

O Santos também teve duas partidas às 21h de sábado. Foi quando teve seus dois menores públicos como mandante: 4.532 pagantes contra o Inter (21 de maio) e 4.717 contra o Atlético-MG (16 de julho). Palmeiras, Vasco, Atlético-MG, Figueirense, Flamengo e São Paulo também mandaram partidas noturnas no último dia da semana.

O horário foi incluído para dar uma opção a mais à grade de televisão – os jogos são transmitidos apenas em sistema pay-per-view, quando o torcedor compra um pacote ou pode adquirir a partida específica. Não há informação da audiência.

Mais alterações

AE
Torcedoras do Flamengo em jogo contra o Ceará às 21h de sábado
Além das partidas das 21h, os jogos das 18h30, tanto do sábado quanto do domingo, começarão meia hora mais cedo, às 18h. Como conseqüência, a CBF decidiu também adiantar partidas da Série B , que ocorriam de sexta e sábado: no primeiro dia, passaram das 21h para as 20h30 e o da 21h50 do segundo acontecerá agora às 21h ou 16h.

O jogo entre Botafogo e América-MG, neste sábado (13 de agosto), está mantido para 21h porque não houve tempo hábil para a mudança, já que ingressos foram vendidos. O primeiro a mudar será um do Corinthians, que estrearia no horário, dia 20 de agosto, contra o Figueirense, que agora começará 18h, no Pacaembu.

Leia tudo sobre: Brasileirão 2011Série BCBFFlamengoCorinthians

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG