Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Fernandinho não se recupera e segue como desfalque no São Paulo

Atacante não terá condições de enfrentar o Cruzeiro nesta quarta-feira e pode ficar fora até do clássico de domingo contra o Corinthians

Levi Guimarães, iG São Paulo |

A lesão que tirou o atacante Fernandinho do último jogo do São Paulo, contra o Atlético-PR, parece ser mais grave do que foi divulgado inicialmente pelo departamento médico do clube. Apesar da previsão inicial de que ele voltasse a treinar normalmente nesta segunda-feira e ficasse à disposição de Paulo César Carpegiani contra o Cruzeiro, o camisa 12 já foi confirmado como desfalque para a partida.

A contusão - um edema ósseo na fíbula da perna direita - apareceu no jogo contra o Ceará, pela 31ª rodada do Brasileirão. Fernandinho sentiu dores na perna direita e pediu para sair de campo. Como Carpegiani já havia realizado as três substituições, o atacante ainda tentou permanecer em campo, mas não resistiu e deixou o São Paulo com um a menos nos minutos finais.

Desde o começo da última semana, ele faz trabalho de recuperação no Reffis e a expectativa era de que já estivesse recuperado. Antes de enfrentar o Atlético-PR na última quinta-feira, o próprio jogador disse à reportagem do iG Esporte que poderia enfrentar o Cruzeiro. Agora, porém, até a participação no clássico de domingo contra o Corinthians está praticamente descartada, segundo informação oficial do São Paulo.

Sem Fernandinho, Carpegiani deve manter Fernandão no time. No treino tático desta tarde no CT da Barra Funda, o treinador escalou o camisa 15 ao lado de Ricardo Oliveira, Dagoberto e Lucas no setor ofensivo. O jovem meia, aliás, é o principal reforço para o confronto com os mineiros, já que estava suspenso diante do Atlético-PR.

O time titular escalado na atividade desta segunda e que deve ser confirmado para enfrentar o Cruzeiro foi formado por Rogério Ceni, Jean, Alex Silva, Miranda, Richarlyson, Rodrigo Souto, Carlinhos Paraíba, Lucas, Fernandão, Dagoberto e Ricardo Oliveira.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirofutebolsão paulo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG