Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Feriado militar suíço adia julgamento por doping de Jóbson de novo

Devido ao Knabenschiessen, atleta será julgado na próxima segunda, podendo ser suspenso por dois anos

Gazeta |

AE
Jobson tem seu julgamento novamente adiado e segue indefinição sobre seu futuro
O atacante Jóbson terá que esperar mais um dia para saber o seu futuro no futebol. Isso porque a CAS (Corte Arbitral do Esporte) adiou o julgamento do atleta em mais um dia devido a um feriado militar suíço, o Knabenschiessen.

A data comemorativa é uma das mais antigas da Suíça e consiste em um concurso de tiros para jovens que, a partir desse momento, são considerados aptos para atividades militares.

Dessa forma o julgamento do jogador, que foi remarcado da última segunda-feira para esta semana, será deslocado para a terça-feira. É a terceira mudança de data para o arbitramento da pena de Jóbson , que pode variar de seis meses (período já cumprido em 2010) a dois anos.

Jóbson foi flagrado no exame antidoping após as partidas diante de Coritiba e Palmeiras enquanto defendia o Botafogo , no Brasileirão de 2009. Mais tarde, o jogador admitiria o consumo de crack e seria punido por dois anos de suspensão pelo STJD. A decisão foi revista e diminuída para seis meses pela própria entidade, atitude que foi de encontro à da Wada (Agência Mundial Antidoping), que solicitou a revisão da pena.

Dispensado do time do Bahia por indisciplina em agosto, Jóbson aguarda a decisão para definir seus próximos passos no mundo da bola. Em caso de absolvição, o Barueri deverá exercer a prioridade conquistada com a assinatura de um pré-contrato e levá-lo para a cidade, onde reencontrará o técnico Estevam Soares, seu comandante dos tempos de Botafogo.

Leia tudo sobre: baruerijóbsonbotafogobrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG