Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Ferguson recusa comentar expulsão de Rafael

Lateral brasileiro foi expulso do duelo contra o Tottenham após receber o segundo cartão amarelo

Gazeta |

O técnico Alex Ferguson não quis comentar a expulsão do lateral direito Rafael no empate por 0 a 0 com o Tottenham, neste domingo, em Londres, pelo Campeonato Inglês. Aos 28 minutos, o brasileiro recebeu o segundo cartão amarelo do árbitro Mike Dean e deixou o Manchester com dez homens em campo.

"Não quero falar sobre isso. Está fora da minha alçada. Graças a Deus", limitou-se a dizer o comandante do clube desde 1986. O empate manteve o United na ponta da Premier League, mas agora o rival Manchester City está com o mesmo número de pontos. No entanto, o time de Wayne Rooney tem dois jogos a menos.

Apesar de ter deixado o Manchester City se aproximar, Ferguson saiu de Londres satisfeito com a igualdade. "Foi um jogo difícil. O Tottenham está em grande forma, mas não criou muitas chances. Nossos defensores estiveram particularmente bem. Não posso reclamar. Foi um ponto decente", analisou.

Do outro lado, o técnico Harry Redknapp afirmou que a expulsão de Rafael não ajudou tanto a sua equipe. "Quando um time fica com 10, ele ainda tem duas linhas de quatro. Não é fácil. Ficamos abertos que nem uma porta de celeiro, com Van der Vaart e Modric no centro, dois alas e dois atacantes. Se alguém fosse ganhar, seríamos nós. Qualquer um que arrancar um ponto do United fez um bom trabalho", concluiu.

Leia tudo sobre: GENETManchester UnitedRafaelAlex FergusonHarry Redknapp

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG