Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Felipe: “Vou ser sempre contra o Bahia”

Revelado pelo Vitória, goleiro do Flamengo lembra confusão com seus familiares em um jogo do Corinthians

Thales Soares, iG Rio de Janeiro |

O goleiro Felipe nasceu no Rio, mas criou raízes em Salvador e começou sua carreira no Vitória. Domingo, o Flamengo vai enfrentar o Bahia, no Estádio Pituaçu, em Salvador, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro, e ele faz questão de demonstrar que o jogo tem algo especial na sua vida.

iG Flamengo no Twitter: saiba tudo sobre seu time

Em 2005, Felipe era o goleiro titular do Vitória na conquista do pentacampeonato baiano justamente sobre o rival. Foi sua primeira temporada como titular absoluto do time. Já com mais experiência, confessa sua paixão pelo clube baiano, o que o leva a ter uma rivalidade intensa com o Bahia.

“Sempre que o Bahia estiver jogando, eu vou torcer contra. Não tem jeito. Lá, são apenas dois times.  Felipe, que não se esquece do sufoco que sua família passou em Salvador. “Meus familiares foram de camisa do Corinthians para o jogo e quebraram a van em que eles estavam”.

AE
"A rivalidade é muito grande. Sei que eu vou ser o jogador mais xingado”, comentou o goleiro

No jogo, Felipe vai reencontrar o atacante Souza, seu companheiro no Corinthians. Ele lembrou a fase ruim do jogador, quando era o reserva de Ronaldo, mas fez questão de elogiá-lo na expectativa de um duro confronto na competição.

“Ele é o famoso caveirão”, brincou. “No Corinthians, a situação era complicada. O Ronaldo ficava fora dois, três jogos e quando voltava fazia três gols. Os reservas não conseguiam marcar e isso os prejudicava. O Souza era bastante cobrado por isso. Mas é gente boa e vai dificultar para a gente”.

Leia tudo sobre: FlamengoBahiaBrasileirão 2011vitóriafelipetorcida

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG