Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Felipe rechaça status de herói e exalta bom início no Atlético-GO

"O grupo me recebeu muito bem e eu dedico essa vitória a todos", declarou o atacante, que veio do Goiás

Gazeta |

Autor do gol da classificação do Atlético-GO para a próxima fase da Copa do Brasil, o atacante Felipe descartou o status de herói. Ex-Goiás, o jogador agradeceu o elenco por ter sido bem recebido e afirmou que ainda busca seu espaço na equipe.

"Não quero ser o herói do grupo, quero ajudar, com muita vontade e determinação. O grupo me recebeu muito bem e eu dedico essa vitória a todos", declarou ao "Portal 730".

Por ter perdido o primeiro jogo, em Santa Catarina, por 3 a 2, o Atlético-GO entrou em campo pressionado e, portanto, buscando a vitória desde o início. O gol, porém, só saiu aos 20 minutos da segunda etapa, para alívio da torcida atleticana. "Foi um jogo bastante tenso, o gol não saía, mas o importante foi que a nossa equipe não desistiu e conseguiu conquistar a classificação", disse Felipe.

A vitória, mesmo magra, também foi exaltada pelo técnico Renê Simões, que elogiou a entrega dos jogadores. "Se tinha que ter um vencedor hoje, era o Atlético-GO. Tivemos volume de jogo, criamos muitas oportunidades, mas pecamos um pouco no posicionamento e na finalização", avaliou.

Na próxima fase, o Atlético-GO encara o Coritiba, que eliminou o Ypiranga-RS (1 a 0 no Rio Grande do Sul e 2 a 0 no Paraná). Pelo Campeonato Goiano, do qual é líder, o Atlético-GO visita o Goianésia, na próxima quarta-feira, às 20h30 (de Brasília).

Leia tudo sobre: atlético-gofelipecopa do brasil 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG