Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Felipe pega pênalti e cai nas graças da torcida logo na estreia

Novo goleiro do Flamengo garantiu o 0 a 0 com o Londrina no primeiro tempo. Jogo terminou mesmo empatado

Thales Soares, enviado iG a Londrina |

O resultado não foi dos melhores, nem a atuação agradou, mas o torcedor do Flamengo pôde ver algumas boas novidades do time para 2011, a começar pelo goleiro Felipe, que livrou os titulares da derrota no primeiro tempo do amistoso com o Londrina, ao defender a cobrança de pênalti de William. Depois, com uma mudança por atacado no intervalo, o jogo terminou 0 a 0.

Felipe acabou sendo o grande destaque ao defender um pênalti, cometido por Welinton em William, aos 26 minutos. Mas os novos contratados Vander, principalmente, e Wanderley mostraram serviço e deram uma demonstração de que podem ser úteis no elenco, depois da esperada chegada da dupla formada por Ronaldinho Gaúcho e Thiago Neves.

Em todas as vezes que foi acionado, Vander criou uma situação de perigo para o Flamengo. Com bons dribles, cavou faltas próximas à área e chegou a ter uma chance e marcar, mas parou na defesa do goleiro Renato, aos 14 minutos de jogo. Wanderley mostrou ter presença de área e força física para as disputas mais ríspidas com o zagueiro.

A decepção ficou por conta do atacante Deivid. Com a camisa 10, que deve ser entregue a Ronaldinho Gaúcho, ele teve uma atuação muito ruim, errando quase todas as jogadas que tentou. O lateral-esquerdo Egídio também não conseguiu fazer um bom jogo.

David, Renato, Fernando tiveram atuações apenas regulares. Em seu único erro, Welinton fez o pênalti. Já o lateral-direito Leonardo Moura mostrou bom entendimento com Vander. Willians terminou o primeiro tempo como herói, ao salvar, de cabeça, gol certo de William em cima da linha.

No segundo tempo, o técnico Vanderlei Luxemburgo fez mudanças por atacado. Apenas Willians, Vander e Wanderley continuaram em campo. O cabeça-de-área deu uma boa cabeçada em cruzamento de Angelim e obrigou Renato a fazer grande defesa. Vinte minutos depois, ele tirou os três e colocou Digão, Adryan e Romário completando as 11 alterações previstas antes do jogo.

O cabeça-de-área João Vítor, de 19 anos, que já havia sido promovido aos profissionais, acabou sendo o destaque do segundo tempo, com boa movimentação. Adryan, de apenas 16 anos, também mostrou habilidade. O goleiro Paulo Victor ainda fez duas defesas em sequencia para segurar o 0 a 0.

FICHA TÉCNICA - LONDRINA 0 x 0 FLAMENGO
Local:
Estádio do Café, em Londrina
Data: 9 de janeiro de 2011
Horário: 16h
Árbitro: Everaldo Lambert dos reis (PR)
Assistentes: Julio Cesar de Souza e Wesley Gomes da Silva (PR)
Cartão amarelo: Sílvio

LONDRINA: Renato, Maicon (Marlon), Gilvan (Marquinhos), Renê (Rafael) e Wendell (Bujiga); Diogo (Eduardo), Sílvio (Joel), Bruno (Bidia) e Arthur (Cleiton); William (Júnior) e Eidson (Jaime)
Técnico: Gilberto Pereira
FLAMENGO:
Felipe (Paulo Victor), Leonardo Moura (Fierro), Welinton (Jean), David (Ronaldo Angelim) e Egídio (Rodrigo Alvim); Fernando (João Vítor), Willians (Digão), Renato (Muralha) e Vander (Adryan); Wanderley (Romário) e Deivid (Negueba)
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Leia tudo sobre: FutebolFlamengo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG