Meia admitiu que o time está em débito com a torcida, mas mostrou confiança em um 2011 melhor

Uma das maiores esperanças do Vasco para 2010, o meia Felipe, assim como o resto do time, não correspondeu às expectativas da torcida. O tão sonhado 'quadrado mágico' a ser formado ao lado de Carlos Alberto, Éder Luís e Zé Roberto, nem chegou a entrar em campo, frustrando a todos que esperavam ao menos uma vaga na Libertadores.

Para o jogador, revelado pelo Vasco, o elenco não correspondeu à toda história da equipe de São Januário.

"Eu acho que nós estamos em debito com a torcida. Não chegamos nem perto de conquistar o nosso objetivo, que era ao menos ficar com a vaga na Libertadores. O Vasco é um clube que vive de títulos, que está acostumado a grandes decisões, não pode ser coadjuvante", afirmou, em entrevista à Rádio Globo .

Quanto à temporada de 2011, o meio-campista projetou um ano mais feliz aos torcedores vascaínos. "Espero que no próximo ano a gente possa se dedicar mais ainda, que todo mundo fique no clube. Além disso, espero que cheguem alguns reforços de peso para ajudar nessa caminhada", completou

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.