Tamanho do texto

Medico do Vasco afirma que presença do meia em campo vai depender da recuperação

Submetido a uma artroscopia na tarde de quarta-feira, Felipe já tem data prevista para voltar aos trabalhos. Será nesta sexta – apenas 48 horas depois a operação. A intervenção cirúrgica serviu para correção do menisco do joelho direito. O meia está sendo aguardado no clube para iniciar os trabalhos de fisioterapia.

Siga o iG Vasco no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Felipe seria confirmado no clássico do último domingo contra o Fluminense , no Engenhão, não fossem as dores no joelho se agravarem. Examinado, constatou-se a necessidade da cirurgia. O departamento médico do Vasco quis aguardar dois dias para acompanhar melhor a gravidade da lesão. O jogador voltará aos campos num prazo que varia entre 20 e 30 dias.

Entre para a Torcida Virtual do Vasco e convide seus amigos

Felipe teve alta na noite de quarta-feira
Fotocom
Felipe teve alta na noite de quarta-feira
“Falei com ele hoje por telefone, (ele) está sem dor, já consegue dobrar o joelho. A previsão é que ele comece logo o trabalho de readaptação. Dependendo da evolução dele, entre 20 e 30 dias, Felipe estará liberado”, disse o médico vascaíno Alexandre Campello.

Campello explica que o menisco interno de Felipe vinha provocando dores. Eram dores suportáveis, pois se tratava de um quadro estável. Mas, no último exame, chegou-se à conclusão que o melhor seria operar, uma vez que o agravamento da lesão poderia causar até um bloqueio articular.

Felipe teve alta na noite de quarta-feira e já iniciou tratamento à base de gelo. Na manhã de sexta, ele será examinado no clube pela primeira vez após o ato cirúrgico. Campello quer vê-lo na fisioterapia imediatamente. “A ortopedia foi uma das áreas da medicina que mais evoluíram. Logo ele estará em ação novamente”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.