Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Felipe e Juninho foram escalados juntos apenas em 19% dos jogos

Vasco tem dificuldade de contar com seus principais jogadores. Lesões e idade avançada são os motivos

Hilton Mattos, iG Rio de Janeiro |

AE
Felipe desfacou a equipe quase dois meses por causa de uma lesão no joelho
Felipe e Juninho Pernambucano juntos. Uma combinação que só deu certo no Vasco campeão entre o fim dos anos 90 e o começo deste século. Este ano, com a chegada do Reizinho, logo após a conquista da Copa do Brasil , a expectativa criada em cima da reedição da dupla não funcionou – pelo menos por enquanto. Idade avançada e seguidas lesões impediram os meias de estarem lado a lado no aguardado segundo semestre.

Vasco é o 2º colocado no Brasileiro. Veja a classificação

Gazeta
Juninho Pernambucano deve voltar na quarta-feira, pela Sul-Americana
Os números mostram o quanto a dupla esteve abaixo do esperado. Juninho foi apresentado antes do empate em São Januário contra o Figueirense , dia 11 de junho. Mas sua estreia aconteceu apenas contra o Corinthians , na oitava rodada do Campeonato Brasileiro . O Vasco perdeu, o craque deixou sua marca, cobrando falta, e a cena com os dois em campo se repetiria poucas vezes depois.

Veja também: Experiência de Felipe na lateral é arma do Vasco contra o Bahia

Desde então, o time cruzmaltino entrou em campo em mais 25 oportunidades – 22 pelo Brasileiro e o restante pela Copa Sul-Americana. E ambos atuaram juntos apenas em seis partidas – sendo uma delas com Juninho substituindo Márcio Careca no intervalo. Ou seja: Ricardo Gomes e Cristóvão Borges escalaram os dois de início somente cinco vezes.

Traduzindo: Felipe e Juninho começaram jogando em 19,2% das partidas. Antes de sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC) hemorrágico , na última rodada do Brasileiro, contra o Flamengo, Gomes havia declarado que seria difícil escalar os dois juntos . A prática se repetiu. Mas veio o compromisso contra o Palmeiras, no dia 14 de agosto . Felipe deixou o campo queixando-se de dores no joelho direito. Foi a última vez que os dois foram vistos lado a lado.

Na semana seguinte, Felipe foi submetido a uma astroscopia. Votou somente na derrota de 3 a 0 para o Internacional . Neste período, Juninho já estava fora de combate em razão de um estiramento na panturrilha esquerda. Os dois jogariam domingo, contra o Bahia, em Pituaçu, não fosse Juninho sentir, desta vez, um incômodo na outra batata da perna.

Siga o Twitter do iG Vasco e receba notícias do time em tempo real

Como são grandes as chances de o Reizinho enfrentar o Aurora, quarta-feira, pela Sul-Americana , talvez a o torcedor volte a matar saudade dos heróis de conquistas importantes como a Libertadores e os Brasileiros de 97 e 2000.

Confira os jogos em que Felipe e Juninho atuaram juntos

Corinthians 2 x 1 Vasco (6 julho)
Vasco 2 x 0 Internacional (9 julho)
Vasco 2 x 1 Atlético-PR (17 julho)
Vasco 1 x 1 Bahia (28 julho)
*Vasco 0 x 4 Botafogo (7 agosto)
Vasco 1 x 0 Palmeiras (14 agosto)

*Juninho entrou no lugar de Márcio Careca
 

Leia tudo sobre: vascofelipejuninhobrasileirão 2011cristóvão

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG