Tamanho do texto

Técnico esteve em Portugal no fim de semana. Além do caso Kleber, ele encara queda do time e insatisfação dos jogadores

Após final de semana em Portugal, Felipão voltará ao Palmeiras para tentar resolver crise
AE
Após final de semana em Portugal, Felipão voltará ao Palmeiras para tentar resolver crise
Desfazer a mala, se adaptar ao fuso horário do Brasil e pagar as contas serão os problemas mais leves que Luiz Felipe Scolari enfrentará nesta semana na sua volta a São Paulo. Desde sexta-feira em Portugal por causa do casamento de um dos seus filhos, Felipão encontrará um Palmeiras ainda mais mergulhado em sua crise técnica e institucional - no domingo o time foi batido pelo Fluminense no Canindé .

Veja os pepinos que o comandante palmeirense terá que encarar:

Kleber

Kleber: atacante entrou em choque com Felipão
Gazeta Press
Kleber: atacante entrou em choque com Felipão
Atacante discutiu com o técnico na terça-feira e está afastado deste então. Felipão afirmou que não trabalha mais com Kleber . “Ele disse que não quer jogar no Palmeiras e eu não quero ele mais aqui”, afirmou após o empate com o Flamengo na quarta.

Veja também: Frizzo volta atrás sobre saída de Kleber

O problema é que desde que Luiz Felipe viajou para Portugal, os dirigentes do Palmeiras baixaram o tom em relação ao caso do atacante. Até mesmo o vice-presidente do futebol do clube, Roberto Frizzo, que já havia descartado a volta de Kleber, voltou atrás e colocou a decisão nas mãos do técnico e do presidente do clube .

Arnaldo Tirone disse que irá reunir Felipão e Kleber para discutir a situação e decidir o futuro do atacante no clube. O técnico poder ter que engolir a reintegração do atacante.

Caso João Vitor

Após se envolver em uma briga com torcedores e ser agredido em frente à loja do clube, João Vitor afirmou que não se sentiu apoiado pela diretoria do Palmeiras no caso . Felipão evitou defender o jogador .

“Depois da fita que a gente viu, espero que não se emita nenhum parecer sobre o caso. A polícia vai analisar as imagens. Pode ser que ele (João Vítor) tenha sido desacatado e partido para cima. Depois, o rapaz voltou com os amigos. Não quero ser injusto”, afirmou.

O futuro de João Vitor no clube também está em xeque e deverá ser definido por Felipão.

Clima ruim

O caso João Vitor expos diferenças do técnico com os jogadores. Conhecido em seus trabalhos por conseguir montar grupos unidos e que dão a vida pelo chefe, Felipão não repetiu isso no Palmeiras. Alguns atletas já reclamaram publicamente do treinador.

Leia também: Kleber e Felipão discutiram em reunião

No domingo, Palmeiras perdeu para o Fluminense em São Paulo
Photocamera
No domingo, Palmeiras perdeu para o Fluminense em São Paulo
No caso João Vitor, os jogadores foram unânimes em defender o volante , contrariando o técnico e a diretoria. Até mesmo a viagem durante uma crise teria irritado os atletas.

Desfalques

Além de todos os problemas nos bastidores, Felipão ainda encontra dificuldades para escalar o time. João Vitor, Marcos, Marcos Assunção e Cicinho estão no departamento médico. Somada a ausência de Kleber, o técnico não terá metade do time titular para o próximo jogo, contra o Figueirense, sábado, no Canindé.

Queda na tabela

No próximo fim de semana, o Palmeiras completará um mês sem vitórias no Campeonato Brasileiro. A queda nas últimas cinco rodadas, quando somou apenas três pontos, deixou a equipe fora das brigas pelo título e por uma vaga na Libertadores da América.

Leia também: Murtosa pede desculpas a Felipão pela derrota

Restará ao clube se contentar com uma vaga na Sul-America e, principalmente, fugir de uma queda ainda improvável para a segunda divisão. Na 12ª posição, o Palmeiras tem 11 pontos a mais que o Atlético-MG, 17º colocado, que seria rebaixado caso o campeonato terminasse agora. 

Assista aos gols de derrota do Palmeiras contra o Fluminense

null