Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Felipão vê vitória justa do Mirassol e diz que "nem Jesus" salvaria

Calmo após a segunda derrota na temporada, comandante critica "loucura" do Palmeiras

Francisco De Laurentiis, iG São Paulo |

Após a derrota por 1 a 0 do Palmeiras para o Mirassol , a segunda na temporada, o técnico alviverde Luiz Felipe Scolari viu justiça no resultado. O comandante criticou a atuação de sua equipe neste sábado, no Pacaembu, e rasgou elogios ao adversário, que alcançou a 9ª colocação do Campeonato Paulista com o triunfo. Foi a segunda vitória de um clube do interior sobre os times grandes no torneio.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Gazeta Press
Felipão tentou acertar o time na base do berro, mas não foi feliz neste sábado
“A vitória deles foi justa. O Mirassol fez um bom primeiro tempo e um bom segundo. Foi bem posicionado, bem organizado, sabendo que tinha um espaço para jogar, trabalhar a bola e sabendo que nossa equipe ia ceder espaço para os contra-ataques. Tiveram boas oportunidades e mereceram a vitória. Nós tivemos algumas chances no segundo tempo, mas não adiantou”, afirmou o treinador, antes de dizer que nem um reforço celestial ajudaria o Palmeiras na partida.

BRONCA: Palmeirenses reclamam de Mirassol "com 11 atrás" e "bobeadas" na zaga

"Nós tivemos três ou quatro escanteios. Uma ou duas bolas paradas. Não adianta. Nem com Marcos Assunção, nem com o Nosso Senhor Jesus Cristo venceríamos. Não iria mudar nada. O time estava mal organizado. Mexi em algumas peças e não deu certo. Então, esquece... (A derrota" Não foi um acidente. O time deles jogou bem, tem bons jogadores. Acidente é o que aconteceu com o Mirassol ao longo do campeonato, de não estar entre os oito que vão se classificar", completou.

O JOGO: Palmeiras perde para o Mirassol e desperdiça chance de dormir líder

Para Felipão, os jogadores alviverdes se equivocaram em tentar buscar a vitória na base da "loucura": “Meu time achou que deveria ganhar de qualquer maneira. Já está classificado, não precisa ficar com essa loucura. Talvez pela pressão da torcida, de ter que ganhar de qualquer jeito do Mirassol. Mas não precisava. Tem que trabalhar a bola, tocar mais no meio, não tem necessidade de correr com ela tanto assim”, afirmou.

Na próxima rodada do Campeonato Paulista, o Palmeiras - que já está classificado para as quartas - viaja a Campinas para enfrentar o Guarani , que vive grande fase no Estadual. A partida está marcada para domingo (8), às 16h (horário de Brasília). Antes, porém, a equipe alviverde joga pela Copa do Brasil , quarta-feira, contra o Horizonte-CE, fora de casa. Uma vitória por dois gols de diferença elimina a partida de volta.

Ajude o Palmeiras a aumentar sua torcida virtual

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG