Tamanho do texto

Técnico foi denunciado por ir ao vestiário suspenso. Já os jogadores podem ser punidos porque trocaram agressões em campo

Agif
Felipão foi acusado de agredir fotógrafo que o flagrou nos vestiários do Engenhão

Palmeiras e Corinthians podem amargar futuros problemas no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva). Nesta sexta-feira, o técnico Luiz Felipe Scolari teve confirmada a denúncia por ir ao vestiário no jogo contra o Botafogo , na semana passada, enquanto cumpria suspensão por outra infração. Ainda por cima, o zagueiro Chicão e o meia Valdivia também serão julgados por entreveros no clássico disputado em Presidente Prudente . O Corinthians, contudo, não foi notificado sobre o Chicão.

Felipão acabou denunciado no artigo 228 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (Exercer cargo, função ou atividade, na modalidade desportiva, durante o período em que estiver suspenso por decisão da Justiça Desportiva). A suspensão, neste caso, pode variar de 90 a 180 dias.

Siga as páginas do iG Corinthians e do iG Palmeiras no Twitter

"Ele será julgado por exercer a função quando não poderia", confirmou o procurador Paulo Schmitt, em entrevista por telefone.

nullEm função do caso, o Palmeiras também irá responder pela infração, no artigo 227 (Admitir ao exercício de cargo ou função, remunerados ou não, quem estiver eliminado ou em cumprimento de pena disciplinar, na mesma modalidade), em que a pena fica apenas com uma multa entre R$ 100 a R$ 100 mil.

No Engenhão, Felipão foi flagrado nas imediações do vestiário do Palmeiras por um fotógrafo, que alegou ter sofrido uma tentativa de agressão do comandante. No entanto, a acusação não será tema de análise do STJD. "Não reunimos provas suficientes sobre essa situação do fotógrafo", comentou Paulo Schmitt.

Já Valdivia e Chicão foram acusados de trocar agressões e causar um tumulto ao fim do jogo entre Corinthians e Palmeiras, no dia 28 de agosto. Eles estão incluídos no artigo 258: Assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva não tipificada pelas demais regras deste Código. As penas nesses casos variam de um a seis jogos. 

"Não recebemos nada, mas se o Chicão for punido, a punição é advertência ou um a três jogos de suspensão por este artigo", disse João Zanforlin, advogado do Corinthians.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.