Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Felipão testa novas mudanças no time do Palmeiras

Treinador mexe na equipe pela terceira vez seguida e escalação para jogo contra o Grêmio segue indefinida

AE |

selo

Pelo terceiro dia seguido, algo raro nos clubes de futebol, o técnico Luiz Felipe Scolari realizou na tarde desta sexta-feira um treino coletivo no Palmeiras . E promoveu novas mudanças no time, assim como já tinha acontecido nas duas vezes anteriores. Assim, manteve a indefinição sobre a escalação palmeirense para o jogo de domingo, contra o Grêmio, em Porto Alegre, pelo Brasileirão.

LEIA TAMBÉM: Valdivia e Maurício Ramos são punidos pelo STJD

No primeiro coletivo da semana, Felipão testou o esquema tático 3-5-2, ao escalar três zagueiros. Depois, mudou para o 4-4-2 no dia seguinte. E agora resolveu reforçar o meio-de-campo, utilizando o 4-5-1 nesta sexta-feira. Como novidades, ele promoveu as entradas do meia Pedro Carmona e do atacante Ricardo Bueno entre os titulares, ocupando os lugares dos atacantes Maikon Leite e Vinicius. 

Assim, o time treinou nesta sexta-feira com Deola; Cicinho, Leandro Amaro, Henrique e Gerley; Márcio Araújo, Marcos Assunção, Patrik, Pedro Carmona e Luan; Ricardo Bueno. Essa, portanto, é a provável escalação para enfrentar o Grêmio neste domingo, quando o Palmeiras tentará acabar com o jejum de oito partidas sem vitória no Brasileirão e afastar definitivamente a ameaça de rebaixamento. 

Para enfrentar o Grêmio no domingo, o Palmeiras não poderá contar com Chico, Maurício Ramos, João Vitor, Rivaldo e Valdivia, todos suspensos. Com isso, Felipão deve abrir espaço no time para o meia Pedro Carmona, que chegou ao clube em setembro e pouco jogou até agora - seu empresário, inclusive, já admitiu que ele sentiu a pressão de vestir a camisa palmeirense, principalmente nessa fase ruim.

Leia tudo sobre: palmeirasbrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG