pipocada de Ronaldinho contra Turquia em 2002 - Futebol - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Felipão revela pipocada de Ronaldinho contra Turquia em 2002

Então com 22 anos, meia foi escolhido por treinador para bater pênalti na estreia do Brasil na Copa, mas Rivaldo chamou a responsabilidade e converteu

Gazeta Esportiva |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237859896427&_c_=MiGComponente_C

Então com 22 anos, Ronaldinho Gaúcho foi escalado como titular pelo técnico Luiz Felipe Scolari para a estreia na Copa do Mundo de 2002 diante da Turquia. Na manhã desta sexta-feira, o técnico revelou que o meia 'pipocou' no momento de cobrar o pênalti diante dos turcos.

"Pelo meu esquema, seria o Ronaldinho que deveria cobrar, mas na hora que ele pegou a bola, olhou para o banco. Quando você vê um jogador olhando para o banco, sabe que tem alguma coisa acontecendo. Na linguagem popular, ele estava todo cagado. Aí, o técnico pensa: 'ai, Jesus!'", disse Felipão durante palestra em São Paulo.

Getty Images
Ronaldinho "amarelou" na hora de bater o pênalti contra a Turquia

O início da campanha do pentacampeonato foi dramático em Ulsan. O Brasil sofreu um gol de Hasan Sas, empatou com Ronaldo e ganhou graças ao árbitro coreano Kim Young-joo. Aos 41 minutos do segundo tempo, o zagueiro Alpay Ozalan segurou Luizão, que substituiu Ronaldo, fora da área, mas o juiz marcou pênalti.

"É nessa hora que aparecem as lideranças do grupo. O Rivaldo fez assim", contou Felipão, apontando para o próprio peito. "Eu disse: 'é tu mesmo!'. Nesse momento, não é só o jogador que está cagado, o técnico também está", contou o Scolari, enquanto seus espectadores gargalhavam.

Então astro do Barcelona, Rivaldo, com 30 anos na época, assumiu a responsabilidade e estufou as redes do goleiro Rustu. Além de garantir os primeiros três pontos da seleção brasileira na Copa do Mundo, o meia contribuiu com a carreira de Ronaldiho Gaúcho, diz Felipão.

"O Rivaldo, que tem gente que não valoriza, tinha muita personalidade. Se ele errasse o pênalti, não estaria nem aí. Mas o Ronaldinho tinha 22 anos e, se errasse, mudaria a carreira. Se jogador perde pênalti em Copa do Mundo, os caras querem matar. Ainda mais que ele era gaúcho e o técnico também era gaúcho. Poderia dar problema", disse Scolari.

No segundo jogo da fase classificatória, o Brasil goleou a China por 4 a 0, em Seogwipo. Com gols de Roberto Carlos e Rivaldo, o time de Felipão abriu 2 a 0 rapidamente. No final do primeiro tempo, Ronaldo foi puxado por Li Weifeng e o árbitro sueco Anders Frisk marcou pênalti.

"Os outros jogadores entregaram a bola para o Rivaldo cobrar, mas ele deu para o Ronaldinho e disse: 'agora, pode bater, porque se você perder a gente faz mais dois, eles são muito ruins'", contou Felipão. Ronaldinho superou o goleiro Jiang Jin e foi sambar na bandeirinha de escanteio.

Oito anos depois do pentacampeonato de 2002, o atual meia do Milan luta para garantir uma vaga na seleção comandada por Mano Menezes após ficar fora do Mundial de 2010. Rivaldo, por sua vez, preside o Mogi Mirim e pretende voltar aos gramados pelo próprio clube na próxima temporada.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG