Treinador acredita que arbitragem prejudicou o clube paulista, que chegou ao sétimo jogo sem vitória

O técnico Luiz Felipe Scolari ficou inconformado com o árbitro Marcelo de Lima Henrique na derrota do Palmeiras para o Atlético-MG , neste domingo. Depois da derrota por 2 a 1 , o treinador contestou as expulsões do zagueiro Maurício Ramos e do meia Valdivia em Sete Lagoas, pelo Campeonato Brasileiro .

"Se foram justas? Pelo amor de Deus. O que nós vemos são atuações absurdas. Só tem esse juiz para apitar os jogos do Atlético? Na expulsão do Valdivia, a jogada do Daniel Carvalho foi igual. E o pênalti no Maikon Leite?", contestou.

Leia mais: Atlético-MG bate o Palmeiras e se afasta da zona da degola

O treinador ainda cobrou uma postura da diretoria do Palmeiras na reta final deste Brasileirão. "O Palmeiras pensa que vamos ganhar jogando só em campo, mas estão ganhando de nós fora de campo".

Aos 23 minutos do segundo tempo, quando o Atlético já tinha dois gols de vantagem, Maurício Ramos fez falta por trás sobre Daniel Carvalho no meio-campo e recebeu o cartão vermelho direto.

null

Apenas cinco minutos depois, Valdivia recebeu o segundo cartão amarelo por falta em Pierre, mas Felipão não concordou com a primeira advertência dada ao chileno, por reclamação.

Confira a classificação atualizada do Campeonato Brasileiro

"Ele tomou cartão amarelo porque olhou para o juiz e levantou o braço. Isso é mostrar autoridade? Você mostra autoridade com competência. Nós o perdemos, mas vamos recuperar outros jogadores. O Valdivia vai fazer seu trabalho no Chile e vamos remontar aqui", acrescentou.

Além de cumprir suspensão diante do Coritiba, Valdivia também desfalcará o time contra Grêmio e Vasco, pois estará com a seleção chilena. Nos minutos finais deste domingo, sem os dois atletas, Luan mandou de cabeça para as redes e descontou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.