Eles não são a solução - Futebol - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Felipão rechaça pressão sobre garotos: Eles não são a solução

Palmeiras vai continuar usando categorias de base, mas o técnico preferiu protegê-los de uma pressão maior

Gazeta Esportiva |

Bruno Turco, Gualberto, Fernando, Patrik e Vinícius: o Palmeiras terá muitos representantes das categorias de base para o jogo deste domingo contra o Cruzeiro, na despedida da temporada 2010. Experiente, o técnico Luiz Felipe Scolari solicita comprometimento aos jovens, contudo evita pressionar os atletas.

Para o ano que vem, o treinador ressalta que o Palmeiras precisa de reforços de peso. Portanto, a ideia é que os talentos da categoria de base passem por um processo de amadurecimento.

"Esses jogadores não podem ser a solução, não são eles que nós precisamos contratar. São jogadores que podem fazer parte do grupo para aprender e ter oportunidades aos poucos", avisou o pentacampeão mundial.

O Palmeiras, a propósito, já intensificou os contatos com alguns candidatos a reforços. Pelo atacante Adriano, enviou uma oferta por empréstimo de um ano à Roma, da Itália. Outro alvo prioritário é Maikon Leite, que defendeu o Atlético-PR e pertence ao Santos.

Neste momento, Felipão apelou às categorias de base porque começou a colocar em prática o planejamento do ano que vem do Palmeiras. Nesta semana, o clube paulista decidiu dar férias a 16 peças do elenco, já que não disputa nada na rodada derradeira no Campeonato Brasileiro.

"Estou gostando de trabalhar com os meninos. Se me ouvirem um pouco mais, logo terão grande oportunidades. Acho que a evolução deles pode ser cobrada daqui um ano. No domingo, poderemos ver o nível que estão", afirmou o técnico.

 

Leia tudo sobre: campeonato brasileiropalmeiras

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG