Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Felipão minimiza vantagem e pede presente dos jogadores palmeirenses

Técnico do Palmeiras trabalha com motivação dos jogadores para conseguir classificação da Copa Sul-Americana

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237859551954&_c_=MiGComponente_C

O Palmeiras joga a classificação para a final da Copa Sul-Americana nesta quarta-feira. Diante do Goiás, o time de Felipão precisa apenas de um empate para alcançar a meta. A vantagem, no entanto, não tira o estado de alerta do treinador. Muito pelo contrário. O comandante faz questão de mostrar a importância da classificação para seus jogadores.

Segundo ele, é preciso fazer um trabalho para mostrar o que significa o título mostrando vários fatores que vão além do dia a dia palmeirense. Ele aproveita para cobrar um presente de seus atletas.

"Dando a folga para meus jogadores, eles passam um fim de semana com a família, o que é muito raro. Isso já é um baita presente. Espero que eles me devolvam o presente na quarta-feira", disse Felipão, que explicou como funciona o seu trabalho dia a dia.

Milton Trajano

"Fazemos o trabalho normal de mostrar a eles a importância da Copa Sul-Americana ainda mais agora, pois ela abre uma vaga para a pré-Libertadores. Mostramos o quando é importante o título. São fatos que eu mostro a todos. Deixo alguns jogadores de fora para mostrar que estou preocupado com a condição física desse atleta. Eles recebem dados que eu passo para que eles cheguem na quarta-feira com o máximo possível", completou.

Um desses fatores que podem motivar o time é a torcida. O treinador explica que é muito importante ver o Pacaembu completamente lotado.

"Precisamos passar desse jogo na quarta-fera. Vamos agradecer ao torcedor pelo incentivo, pela forma que eles estão lotando o Pacaembu. O torcedor mostrará a representividade para pressionar o Goiás. É importante o torcedor saber que chegamos, mas ainda não ganhamos. Espero que com chuva ou com sol eles usem os ingressos que compraram", afirmou.

O Palmeiras joga nesta quarta-feira e terá o estádio completamente lotado. Cerca de 38 mil ingressos de sua torcida foram vendidos de forma antecipada. Se chegar à final, o time repete um feito que não faz há 10 anos. Ir à decisão de um torneio internacional. A última vez foi na Copa Mercosul de 2000, quando foi derrotado pelo Vasco por 4 a 3 na incrível virada que sofreu após estar vencendo por 3 a 0 no fim do primeiro tempo.

Leia tudo sobre: copa sul-americanafutebolpalmeiras

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG