Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Felipão minimiza chance de ter "Imperador" e elogia Ricardo Bueno

Técnico afirma que agente de jogador da Roma não deu sinais de que negócio poderia acontecer

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

Com futuro incerto na Roma, Adriano não deve ser reforço do Palmeiras. É o que insinuou Luiz Felipe Scolari na coletiva desta terça-feira. O treinador afirmou que o silêncio de Gilmar Rinaldi significa que o jogador não deve aparecer no Palestra Itália nos próximos dias.

“Pelo que eu vi, não conversamos nenhum dia sobre o Adriano. Quem conhece toda a situação dele e poderia nos dizer algo é o Gilmar Rinaldi. Se ele não nos passou nada, provavelmente não existe mais nada”, disse o comandante.

Vendo as possibilidades para ter Adriano perto do zero, Felipão mostra certa descrença na chegada de um camisa 9. Ele afirmou que provavelmente não deve receber um jogador com essas características nos próximos dias.

Um nome que surgiu ainda nesta terça-feira foi o de Ricardo Bueno, do Atlético-MG. Há a possibilidade dele ser a opção palmeirense à frente.

“Gosto muito dele. Acho um excelente jogador, fez um Paulistão bom, no ano passado foi goleador, inferniza a vida da gente, joga bem, tem bom posicionamento. Ele não é alto, mas tem boa qualidade na bola aérea. Quisera eu ter a oportunidade de consegui-lo, mas pelo jeito é impossível”, disse o desanimado treinador.

Além da dificuldade de encontrar um bom nome no mercado, Felipão também enfrenta os problemas financeiros do Palmeiras. É preciso cortar gastos para que alguém chegue no Palestra Itália.

Leia tudo sobre: adrianopalmeirasromaitália

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG