Treinamento do Palmeiras marcado para 15h começou perto das 16h por causa da conversa

A derrota por 2 a 0 para o Vasco e o péssimo futebol exibido pelo Palmeiras em São Januário na última quinta-feira fizeram Luiz Felipe Scolari reunir seu elenco para uma conversa de 50 minutos. Inicialmente, o treino estava marcado para começar às 15h, mas os jogadores só foram aparecer em campo quase uma hora depois, às 15h50.

Logo após a derrota, Luiz Felipe Scolari tentou esconder a insatisfação e evitou criticar seus jogadores de forma pública. Ele, no entanto, sinalizou com mudanças no time, especialmente para evitar que a equipe volte a sofrer bolas em jogadas aéreas.

Siga o Twitter do iG Palmeiras e receba as notícias do seu time em tempo real

Neste domingo, o Palmeiras volta a jogar contra o Vasco. Desta vez, às 16h, também em São Januário, mas pelo Campeonato Brasileiro. Marcos Assunção, suspenso, é desfalque, mas Valdivia, que retornou da seleção chilena e já veio até a Academia de Futebol nesta sexta-feira, é reforço para o meio de campo.

A dúvida fica por conta de Marcos, que sempre passa por um esquema de rodízio. O treino desta sexta-feira e também o de sábado, horas antes da viagem de volta para o Rio de Janeiro, definirão se o camisa 12 joga ou se dará espaço para Deola.

Marcos, aliás, foi um dos jogadores que mais falaram após a saída do jogo, assim como de costume. Ele pediu reforço para o ataque e chegou a afirmar que nem adiantaria brigar por uma vaga na Libertadores se o time não mudasse.

Coloque o seu time em 1º lugar no ranking da Torcida Virtual do iG Esporte

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.