Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Felipão explica mistério de Lincoln e tira Chico do time titular

Reunião com a diretoria afastava meia e L. Amaro ou M. Ramos ocuparão vaga de Thiago Heleno

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

Felipão explicou o mistério de não relacionar Lincoln durante cerca de 15 partidas por causa de uma reunião com a diretoria. Em entrevista ao site oficial do Palmeiras, o treinador afirmou que aguardava uma conversa entre dirigentes, empresário e jogador para que tudo fosse resolvido. Como isso não aconteceu, o meia voltou a estar na lista dos convocados.

“O Lincoln era uma situação que envolvia a diretoria. A diretoria teve uma conversa preliminar com o atleta, e depois teríamos uma reunião envolvendo ele e o seu empresário para que ocorresse um entendimento entre todas as partes. Como essa situação não aconteceu, resolvi relacioná-lo novamente por achar que tenho um jogador que pode ser útil ao elenco. À medida que achar interessante colocá-lo, tirá-lo ou relacioná-lo, vou fazer isso. Ele continua sendo atleta da equipe e vou colocar ele em campo de acordo com minhas necessidades”, disse Felipão, que não descartou a possibilidade de colocar o jogador como titular.

"Penso em colocar ele para jogar 30, 40, 60 minutos, algo normal como faço com os outros jogadores. Quero colocá-lo dentro de sua real posição, que é a meia. Quando tem a bola nos pés, sabe jogar muito e vai participar das jogadas ofensivas. E quando não tem a bola, vai ocupar um espaço e marcar o jogador adversário dentro de uma faixa do campo. Vou exigir isso dele e de toda a equipe. Essa seria a função principal dele em determinados momentos do jogo. É mais um jogador que volta e vamos ver o que pode ser conseguido com esse atleta junto ao grupo”, completou.

Outro que voltou a ser relacionado e pode já ganhar uma chance é Maurício Ramos. O treinador afirmou que Chico não será o substituto imediato de Thiago Heleno, que foi suspenso pelo cartão vermelho no jogo contra o São Caetano no domingo.

O treinador explicou que o volante ainda não tem as características boas para atuar em um sistema com 4-4-2 e sinalizou com a entrada de Leandro Amaro ou Maurício Ramos.

Sendo assim, o provável time que entra diante do Linense às 19h30 desta quarta-feira será: Deola; Cicinho, Leandro Amaro (Maurício Ramos), Danilo e Gabriel Silva; Márcio Araújo, Marcos Assunção, Tinga (Lincoln) e Patrik; Adriano e Kleber.

Leia tudo sobre: palmeiraslincoln

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG