Tamanho do texto

"O mérito é do elenco, que está suportando muito bem o ritmo e se esforçando", exaltou o comandante

O Palmeiras continua como um dos destaques do Paulistão-2011. Dono de quatro vitórias e um empate, o invicto time de Palestra Itália só perde a liderança para o Santos pelo saldo de gols. Em função das críticas recebidas pela equipe no ano passado, nem mesmo o técnico Luiz Felipe Scolari confiava em uma produção tão boa no começo da temporada 2011.

"Acho que nem nós esperávamos essa pontuação. Fizemos os cálculos e a projeção mais otimista, vista como excelente, era ter 12 pontos a essa altura. O mérito é do elenco, que está suportando muito bem o ritmo e se esforçando", exaltou o pentacampeão mundial neste domingo, depois da vitória contra a Portuguesa.

null

Felipão considera que o Palmeiras já conseguiu 40% da pontuação necessária para carimbar a vaga na segunda etapa do Paulistão. Assim, o técnico pode ter a chance de administrar os futuros compromissos, principalmente quando iniciar a disputa da Copa do Brasil. 
"É importante, pois teremos clássicos pela frente, partidas difíceis fora de casa contra adversários como Mirassol e Americana. Precisamos de um lastro", destacou o comandante, campeão da Libertadores-1999 pelo Alviverde.

Por outro lado, Felipão é bem cauteloso ao falar do futuro palmeirense no Campeonato Paulista. Experiente, ele traz à mente o fato de o torneio apresentar a primeira etapa do mata-mata (quartas de final) em decisão com somente uma partida.

"É muito cedo para citar que Santos e Palmeiras são os destaques do campeonato. Alguns times estão bem agora, mas vamos saber o que acontecerá de verdade depois da fase de classificação", argumentou o técnico palmeirense.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.