Tamanho do texto

Técnico diz que quer pendência financeira com jogador solucionada antes de confirmar volta definitiva ao time

O técnico Luiz Felipe Scolari deixou a decisão de manter ou não Lincoln no time titular do Palmeiras  nas mãos da diretoria. O treinador afirmou que não deixará o atleta em campo de forma definitiva enquanto as pendências financeiras não sejam resolvidas. Apesar dos problemas, ele elogiou a técnica demonstrada pelo atleta na vitória por 3 a 0 contra o Linense .

“A permanência dele está mais nas mãos da presidência e da conversa que eles têm agendada há um mês. Enquanto essa conversa não acontecer e ninguém definir uma situação, vou trabalhar normalmente com o jogador. Se tudo estiver acertado entre eles, se estiverem definido detalhes de valores de cobranças que existem, ele joga. Se não tiver, já não é mais comigo”, explicou Felipão.

O treinador parece ter se irritado com a novela de pagamento da dívida de 1 milhão de euros que o clube tem com o jogador. Esse dinheiro foi desembolsado da conta de Lincoln para o pagamento da multa rescisória com o Galatassaray e seria pago posteriormente ao meia.

“Eu não quero mais ouvir que deve isso, tem para receber aquilo, que está com dor de barriga e se a direção isso ou aquilo. Resolvam essa porcaria e eu resolvo o resto. É isso. Se resolverem, ele vai jogar muito mais”, completou o treinador.

Tecnicamente, o treinador elogiou Lincoln. Ele disse que o camisa 99 foi bem dentro de campo e que pode até jogar ao lado de Valdivia na armação de jogadas do Palmeiras. Ele apenas descartou um time que conte com o quadrado formado por Lincoln, Valdivia, Patrik e Kleber.

“Meia mesmo só tenho o Valdivia e o Lincoln. O Patrik é quebra-galho pelos lados, com dinamismo. Os meus meias são só Valdivia e Lincoln e eles podem, na medida do possível, jogar juntos, disputar posição. No momento, o Valdivia é meu titular. Hoje (quarta-feira), o Lincoln foi bem e agora vou estudar o que fazer”, concluiu Felipão.

Com Lincoln em campo, o Palmeiras teve a segunda melhor partida no quesito troca de passes . Foram 396, atrás apenas da partida contra o Santo André.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.