Técnico explica que optou por não escalar chileno para não correr risco de perder atleta por mais tempo

selo

Já sem poder contar com o atacante Kléber e o goleiro Marcos, vetados pelo departamento médico, o técnico Luiz Felipe Scolari acabou amargando o desfalque de última hora de Valdivia antes do confronto deste sábado, contra o Santo André, no Pacaembu, que terminou empatado por 0 a 0, pelo Paulistão. 

O treinador explicou que optou por não escalar o meia chileno para não correr o risco de perder o jogador por mais tempo. O atleta acabou vetado após voltar a reclamar de dores na coxa. "Ele (Valdivia) ainda sente certo desconforto, receio. Resolvemos não colocá-lo porque seria um risco muito grande", disse o treinador, que se irritou ao ser questionado pelos repórteres sobre o assunto. 

Já o volante Marcos Assunção comentou sobre o fato de o time ter sido vaiado pelos torcedores que foram ao Pacaembu, indignados com a atuação ruim da equipe palmeirense. "A torcida tem o direito de reclamar. Eles pagam o ingresso e querem ver o time jogando bem e vencendo o jogo", opinou.

Outro que concordou com as vaias da torcida foi o lateral-direito Cicinho, "ainda mais (pelo fato de elas terem sido direcionadas a) um time grande como o Palmeiras que luta pela liderança".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.