Time perdeu para o Santos e agora está a seis pontos da zona de classificação para o torneio sul-americano

O técnico Luiz Felipe Scolari disse que não irá se importar com críticas sobre "jogar a toalha" de forma antecipada. Após a derrota, por 1 a 0, para o Santos, na Vila Belmiro , ele é sincero ao falar sobre a situação do Palmeiras no Campeonato Brasileiro  e dá sinais de que não acredita mais na chance de levar a equipe à próxima edição da Copa Libertadores.

"Não digo nenhuma chance de Libertadores, mas preciso ser sincero nos cálculos. A possibilidade de ultrapassar para chegar em quarto é quase impossível, as pessoas precisam ouvir. Não jogo a toalha, falo algo real, não engano", comentou o treinador.

Em nono lugar, o Palmeiras soma 40 pontos na classificação e está bem perto da metade de baixo da tabela de classificação do Campeonato Brasileiro. O time está seis pontos atrás do Botafogo, o quinto colocado que ainda tem uma partida a menos. Por enquanto, ainda segue na área de classificação da Copa Sul-americana.

No jogo deste domingo, Felipão foi obrigado a colocar vários coadjuvantes em campo, como Pedro Carmona, Ricardo Bueno e até o lateral direito Paulo Henrique, que foi contratado no começo do Brasileirão e ainda não tinha sido aproveitado.

Em todos os casos, Felipão evitou críticas, apesar do futebol ruim do setor ofensivo do clube do Palestra Itália. Ele avisa que os atletas "terão mais oportunidades para demonstrar futebol".

null

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.